Publicidade Topo

notícias

Santa Casa autoriza velório de vítimas da Covid-19 que estejam fora do período de transmissão da doença

Hospital vai seguir orientação da SESA que libera realização de velórios se o médico fizer declaração de óbito dizendo que a pessoa está fora do período de transmissibilidade

Foto: Rádio Najuá/Arquivo

A Santa Casa de Irati anunciou ontem, 17, que vai seguir a nota orientativa da Secretaria de Estado da Saúde (SESA) publicada em 2020, que foi atualizada recentemente, para permitir a realização de velório de pessoas que faleceram por complicações do coronavírus que estejam fora do período de transmissão da doença. A assessoria de imprensa do hospital informou que a instituição vai adotar as recomendações para emissão de declarações de óbitos e realização de funerais e sepultamentos.

As pessoas que faleceram por complicações da Covid-19 após 20 dias do resultado positivo do teste RT-PCR não vão infectar outros moradores. A equipe assistente vai avaliar se o paciente atende esses critérios. Nestes tipos de situações, o velório poderá ser liberado sem necessidade de colocar o corpo em uma embalagem impermeável. Para liberar o velório é necessário que o médico faça uma declaração de óbito por “Covid-19 fora do período de transmissibilidade” para a família.


A Santa Casa de Irati orienta que em função do risco de contaminação, o velório seja restrito as pessoas próximas, com limite de até dez pessoas. Durante o funeral será necessário o uso de máscaras, bem como manter a ventilação do ambiente com as portas e janelas abertas para circulação do ar. Os contatos físicos como apertos de mão, beijos e abraços devem ser evitados. Também é necessário manter o distanciamento físico de um metro e meio. “Lembrando que pessoas com suspeita ou confirmação de contaminação por Covid-19 devem permanecer em isolamento, sem participar de funerais. Desta forma, as famílias poderão velar seus entes queridos, porém, mantendo todos os cuidados de prevenção à Covid-19”, informa a Santa Casa.