Publicidade Topo

notícias

Duas pessoas caem no golpe da troca do cartão em Irati

Golpistas realizaram transferências bancárias e compras utilizando cartões das vítimas

Foto: Imagem ilustrativa

Dois moradores de Irati caíram no golpe da troca do cartão na quinta-feira, 24. Uma mulher relatou que recebeu uma ligação em seu telefone fixo de um homem que se identificou como funcionário do Banco Central. O golpista disse que os cartões da moradora estavam perto de vencer a validade e que uma pessoa ia passar na casa dela para trocá-los.

Na tarde de ontem, 24, a mulher disse que um homem esteve em sua residência no bairro Rio Bonito. Ele chegou ao local em um táxi. O passageiro do carro afirmou que era funcionário do Banco Central e pegou os cartões da vítima. Posteriormente, a mulher recebeu uma ligação do gerente do banco onde possui conta informando que haviam realizado algumas compras usando seu cartão. Foram constatados dois saques e outras tentativas de compras. Depois disso, o cartão foi bloqueado.


A segunda situação foi semelhante a primeira. Um homem também recebeu uma ligação no telefone fixo de uma pessoa que se identificou como correspondente de um banco. O estelionatário relatou que uma compra foi feita em nome do morador e precisava confirmar. Como a vítima disse que não havia realizado nenhuma compra, o falso funcionário afirmou que precisava recolher o cartão do morador para fazer o cancelamento. Na sequência, o golpista foi até a casa da vítima e pegou três cartões. O homem também chegou no local em um táxi. O morador de Irati verificou sua conta no período da noite e constatou que uma transferência bancária havia sido realizada. Foi solicitado o bloqueio das contas. Já a vítima foi orientada para procurar a Delegacia para registrar o Boletim de Ocorrência.

Na noite de ontem, 24, ainda foi registrado um acidente na rua Zeferino Bittencourt, em Irati. Um veículo Fiat Siena atingiu um ciclista por volta das 21 h. O ciclista não se feriu. Apenas danos materiais foram registrados. O carro foi liberado por não apresentar irregularidades.