Publicidade Topo

notícias

Delegado de São Mateus do Sul morre por complicações da Covid-19

Michel Leite Pereira da Silva tinha 34 anos e estava internado desde o início do mês de Cascavel

Delegado Michel Leite Pereira da Silva comandava 3ª Subdivisão Policial de São Mateus do Sul. Foto: Rádio Difusora do Xisto/Arquivo

O Delegado da Polícia Civil, Michel Leite Pereira da Silva, de 34 anos, que estava atuando na 3ª Subdivisão Policial de São Mateus do Sul, faleceu na manhã de quinta-feira, 24, por complicações da Covid-19. Ele estava internado desde o dia 4 de junho em um hospital de Cascavel. Em virtude de complicações pulmonares, Michel precisou ser intubado.

O Delegado completaria 35 anos no dia 19 de julho. A Associação dos Delegados de Polícia do Estado do Paraná (ADEPOL-PR) publicou uma nota de pesar lamentando a morte de Michel. “Doutor Michel prestou grandes serviços à sociedade paranaense estando à frente de diversas Delegacias do Estado do Paraná. Atualmente estava lotado na Delegacia de São Mateus do Sul. Dr. Michel é mais uma vítima da Covid-19. Neste momento de dor, prestamos nossa solidariedade à família e amigos”, diz a nota da ADEPOL.

A prefeitura de São Mateus do Sul também se manifestou por meio de nota. “Neste momento de dor, a Prefeitura se solidariza aos familiares e amigos e expressa as mais sinceras condolências pela perda. Michel estava internado na UTI do Hospital de Cascavel, tinha 34 anos de idade e estava hospitalizado há quase um mês lutando contra a doença”.

Na manhã desta sexta-feira, 25, policiais civis e militares, funcionários do Instituto Médico-Legal (IML) e de outras equipes de segurança de Cascavel prestaram uma homenagem ao Delegado em frente à 15ª Subdivisão Policial da cidade. Eles realizaram um cortejo fúnebre até o Aeroporto de Cascavel. De lá, o corpo de Michel foi levado para Brasília/DF para ser sepultado. O Delegado possui familiares na capital federal. Durante a homenagem, o Delegado-adjunto da 15º SDP de Cascavel, Fernando Zamoner, disse que Michel "tratava todos como se fossem de sua família e deixará um enorme vazio nos corações de todos que trabalharam com ele e também o conheceram". 

O óbito do Delegado não foi computado para São Mateus do Sul, pois ele não residia na cidade. A cidade de São Mateus do Sul já registrou 70 mortes em função do coronavírus. Conforme último boletim divulgado pela secretaria de Saúde, o município possui 150 casos ativos da doença. No total, 3.389 casos foram diagnosticados. 3.169 pessoas se recuperaram da doença, 49 moradores tiveram sintomas e aguardam resultado dos exames e 271 estão em monitoramento cumprindo isolamento domiciliar. Cinco moradores infectados estão internados. Uma mulher, de 45 anos, está na UTI do hospital de Reabilitação, em Curitiba. Uma mulher, de 76 anos, está no hospital Regional de União da Vitória, em um leito de UTI. No mesmo local estão mais dois homens, de 55 e 77 anos. Já um homem, de 50 anos, está internado no hospital São Vicente, em Curitiba. Mais um homem, de 72 anos, suspeito de ter sido infectado com a Covid-19, está internado no Hospital e Maternidade Doutor Paulo Fortes, em São Mateus do Sul.

São Mateus do Sul já registrou dois casos de reinfecção e cinco estão em investigação. 24 novos casos de Covid-19 foram confirmados nesta quinta-feira, 24. Treze mulheres com idades entre 15 e 59 anos e 11 homens entre 9 e 64 anos foram contaminados. Os moradores que testaram positivos residem na Vila Prohmann, Vila Faty, Faxinal dos Ilhéus, Água Branca, Vila Americana, Turvo de Cima, Centro, Vila Amaral, Vila Pinheirinho, Lageado, Divisa, Porto Ribeiro e Fluviópolis.

Até terça-feira, 22, São Mateus do Sul havia aplicado 19.752 doses de vacinas contra o coronavírus. Dessas, 15.550 são primeiras doses e 4.202 correspondem a segunda aplicação. Nesta sexta-feira, 25, a vacinação da população em geral abrangerá moradores de 41 e 42 anos. A vacinação ocorrerá no antigo Mercado 70, ao lado do Centro da Saúde, das 8 às 17 h. A pessoa que for tomar a vacina deve apresentar um comprovante de residência, carteirinha de vacinação, CPF e um documento com foto.