Publicidade Topo

notícias

Cartões do Programa Cartão Prato Cheio serão distribuídos a partir de segunda-feira

Cartões serão entregues nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) e também em algumas localidades do interior. Beneficiários do programa terão direito a três parcelas de R$ 150 para compra de alimentos/Karin Franco, com reportagem de Juarez Oliveira e Rodrigo Zub

Programa Prato Cheio visa beneficiar famílias que tiveram a renda afetada em virtude da pandemia. Foto: Divulgação

A Secretaria de Assistência Social de Irati começará a distribuir os cartões do Programa Municipal Cartão Prato Cheio na próxima segunda-feira (14). O programa municipal irá beneficiar 3.335 famílias iratienses com três parcelas de R$ 150 para a compra de alimentos em locais credenciados.

Em entrevista à Najuá, a secretária de Assistência Social de Irati, Sybil Dietrich, explicou que a distribuição dos cartões será realizada pelas equipes dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) para as famílias atendidas pelo programa Bolsa Família, que estão incluídas automaticamente no programa municipal. “Ela [distribuição] vai ser feita de forma escalonada. A gente vai fazer o escalonamento com base nos bairros, na residência dos beneficiados. É preciso deixar claro que os beneficiados que fazem parte do Programa Bolsa Família não precisam se preocupar com o cadastro. Eles só precisam se atentar para o cronograma de entrega, que vai ser com base no bairro”, disse Sybil.

Os beneficiados devem consultar o cronograma de entrega para buscar o cartão no CRAS local de referência. O cronograma com as datas e locais pode ser conferido clicando aqui.

Os cartões devem ser distribuídos até o dia 25 de junho, mas a secretária destaca que eles serão liberados apenas no dia demarcado no cronograma. “Por isso que é importante alertar a população que fiquem atentos a esse cronograma, ao dia e horário do seu bairro porque a gente só vai fazer a entrega nesses dias”, relata.


Quem estiver com sintomas gripais ou suspeita de Covid-19, precisa entrar em contato com o CRAS de referência e avisar sobre a situação. Apenas nestes casos a equipe guardará o cartão para entrega posterior. “Se você é beneficiário do Bolsa Família, está com sintomas gripais ou positivado, ligue para o centro de referência da sua redondeza, da sua área, que a equipe vai guardar o cartão para fazer a retirada”, explica.

Para beneficiários que vivem em comunidades do interior, a equipe da secretaria de Assistência Social deverá montar postos de entrega em escolas. “A gente também estará no interior do município: Itapará, Gonçalves Júnior, Guamirim, para podermos facilitar o acesso e também prevenir filas, aglomerações. O importante é a gente fazer de forma preventiva”, conta a secretária.

Para retirar o cartão, os beneficiários do Bolsa Família deverão levar RG ou CPF. Só poderá retirar o cartão, a pessoa que está cadastrada como responsável familiar no programa.

Nos dias 14 de junho, 14 de julho e 14 de agosto serão creditadas as parcelas de R$ 150 para os beneficiários. Contudo, as parcelas são cumulativas. “Se a pessoa não utilizar todo o saldo durante o mês ela pode usar no mês subsequente. Também lembrando que ao final das parcelas, ainda tem 60 dias para utilizar o saldo”, afirma Sybil.

A entrega dos cartões a partir de segunda-feira será feita exclusivamente para quem está cadastrado no programa Bolsa Família. Quem está necessitando, mas não está no programa poderá se cadastrar entre os dias 14 e 18 de junho, no site da prefeitura de Irati. “As pessoas que por ventura não fazem parte do programa Bolsa Família, mas estão em vulnerabilidade social, podem fazer o cadastro do dia 14 ao dia 18, de forma online, o link está na página da prefeitura. E ela vai passar por um processo de seleção pela equipe técnica do CRAS. Na sequência, do dia 28 ao dia 30, estaremos entregando para esse público”, disse.

Para poder se cadastrar, a pessoa precisa preencher alguns requisitos como estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais, ser residente no município de Irati, não ocupar cargo público, estar em situação de vulnerabilidade social, integrar família de baixa renda, sendo esta considerada com renda per capita de, no máximo, meio salário mínimo, não possuir emprego formal, ter idade superior a 18 anos, salvo as mães chefes de família, não ser titular de benefícios assistenciais ou previdenciários, exceto o programa Bolsa Família e auxílio emergencial do Governo Federal.

Pessoas que estão no CadÚnico, mas não estão no programa Bolsa Família também precisam fazer o cadastro no site da prefeitura. Quem tem dificuldades para fazer o cadastro online precisa entrar em contato com o CRAS de referência, por telefone.

A secretária destaca que as pessoas que ficaram em vulnerabilidade social por causa da pandemia, precisam entrar em contato e fazer o cadastro único. “Por isso que a gente reforça tanto, desde o início da pandemia, a importância das pessoas, principalmente aquelas que não estavam em situação de vulnerabilidade, que não precisavam realizar o cadastro único, ou utilizar dos serviços do CRAS, que hoje elas vão até o CRAS fazer o cadastro único porque, às vezes, no momento não tem nenhum programa que possa se beneficiar de imediato. Mas é esse cadastro único que dá base não só ao município, mas para o Governo Estadual, para o Governo Federal, para construir e executar políticas públicas”, afirma.

A Secretaria de Assistência Social disponibiliza o equivalente à 15% da quantidade de cartões de beneficiários do Bolsa Família, para pessoas que não estão no programa. “Dentro do Bolsa Família, são 2.870 famílias e dentro desse público fora do Bolsa Família são 465 cartões”, explica.

Como há limitação na quantidade de cartões para famílias fora do Bolsa Família, haverá uma análise dos pedidos. Se a quantidade de novos cadastros ultrapassar o número de cartões disponíveis, a equipe da Secretaria de Assistência Social deverá adotar os seguintes critérios de desempates: ser provedor (a) de família monoparental, possuir filho (a) menor em idade escolar devidamente matriculado (a) em instituição de ensino, for pessoa com deficiência, ter 60 anos ou mais, ter, por conta da pandemia, ficado sem renda nos últimos três meses ou tiver acompanhamento do serviço de proteção e atendimento integral à família pelo CRAS de sua referência. 

Se o cadastro for aprovado, a Secretaria de Assistência Social entrará em contato no número de telefone fornecido no cadastro feito no site da prefeitura.

Os cartões poderão ser usados em estabelecimentos locais que estão cadastrados no programa. Os valores poderão ser gastos em produtos alimentícios. “Prioritariamente é para a compra de alimentos. Tanto que o credenciamento só vai ser liberado para estabelecimentos do ramo alimentício”, disse a secretária.

Há dez dias o cadastro para a participação de estabelecimentos foi aberto. Até o momento, 13 estabelecimentos de Irati estão cadastrados. O cadastro ainda está à disposição. “Ele vai permanecer aberto durante toda a execução do programa, mas é claro quanto antes o estabelecimento entrar em contato, antes ele vai fazer parte do nosso programa”, explica Sybil.

O estabelecimento que deseja se cadastrar precisa ligar para o número de telefone da empresa que gerencia os cartões. O número é (19) 3713-9244.

Apenas estabelecimentos de Irati poderão se cadastrar no programa, seja localizado na área urbana ou rural. “A intenção do programa, além de dar suporte e complemento de renda às famílias, é fomentar o comércio local. Por isso que somente os estabelecimentos dentro do município de Irati é que poderão fazer esse cadastramento. Esse cartão só poderá ser utilizado nesses estabelecimentos que fizeram o credenciamento”, explica a secretária.

A empresa que administra os cartões é a Face Card Administradora de Cartões que venceu um processo licitatório. Ao todo, serão investidos R$ 1,5 milhão no Programa Municipal Cartão Prato Cheio com recursos próprios da Prefeitura de Irati.

Mais informações sobre o programa podem ser obtidas nos CRAS de referência. Os números são:

CRAS Lagoa - Telefones: 3907-3137 ou 9-9107-9214

CRAS Vila São João - Telefones: 3907-3041 ou 9-9123-3160

CRAS Canisianas - Telefones: 3907-3111 ou 9-9101-7158

CRAS Rio Bonito – Telefones: 3907-3034 ou 9-9109-0209

Em entrevista no Meio Dia em Notícias da Super Najuá, secretária de Assistência Social de Irati, Sybil Dietrich, explicou como funcionará distribuição do cartão Prato Cheio. Foto: Divulgação