Publicidade Topo

notícias

Rebouças registra 27ª morte por coronavírus

Município registrou seis mortes nos últimos sete dias. Já o número de casos ativos passou para 313

Moradora de Rebouças que faleceu no sábado, 22, estava internada no hospital Regional de Ponta Grossa. Foto: Divulgação

A cidade de Rebouças registrou a 27ª morte por coronavírus. Uma mulher, de 61 anos, faleceu no sábado, 22. Ela estava internada no hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, em Ponta Grossa. O resultado positivo do teste RT-PCR da paciente havia sido divulgado no dia 12 de maio.

Neste domingo, 23, a secretaria de Saúde de Rebouças confirmou mais 16 casos de Covid-19. Com isso, o município totaliza 1.372 casos de coronavírus, sendo 313 ativos. 1.032 moradores se recuperaram da doença e 82 munícipes que tiveram sintomas da infecção aguardam resultado dos testes. Seis mortes por Covid-19 foram registradas somente nos últimos sete dias. Já o número de casos ativos subiu de 35 no dia 13 de abril para 313 neste domingo, 23.

Até sábado, 22, Rebouças havia vacinado 3.046 moradores contra a Covid-19. Foram aplicadas 1.374 doses da vacina Sinovac/Butantan e 1.672 da Astrazeneca/Fiocruz. Entre os grupos prioritários foram imunizados 307 profissionais da saúde, 2.378 idosos, 75 profissionais da educação e 286 pessoas com comorbidades. Segundo a secretaria de Saúde de Rebouças, 30% do público-alvo foi vacinado. Já a segunda dose foi aplicada em 1.416 reboucenses.


Novo decreto: Na quinta-feira, 20, a prefeitura de Rebouças publicou um novo decreto alterando o horário do toque de recolher, que passou a ser das 18 às 5 h do dia seguinte. Neste período só podem circular pessoas que estiverem se deslocando para o trabalho. Quem descumprir a determinação receberá multa de cinco Unidades Fiscais Municipais. O decreto também determina o fechamento do comércio nos finais de semana. A medida foi aplicada neste fim de semana e também vale para o próximo sábado, 29, e domingo, 30. A exceção são os postos de combustíveis (sem conveniência), farmácias e distribuidoras de gás, que podem funcionar no fim de semana. As entregas em casa (delivery), o pegue e leve (take away) e as entregas pela janela de veículos (drive-thru) podem ser realizadas, mas desde que sejam apenas vendas de alimentos e sem entrada no interior dos estabelecimentos.

Conforme o decreto, é proibida a venda de bebidas alcoólicas. Os supermercados podem receber até 30 pessoas. O responsável pelo estabelecimento é obrigado a organizar filas com distanciamento mínimo de um metro e meio. Já nas lojas de vestuário, a capacidade é de até cinco pessoas dentro do estabelecimento. A realização de cursos e aulas presenciais tanto na rede pública como particular foi proibida. As medidas são válidas até o dia 2 de junho. A multa para a pessoa física que descumprir as determinações é de R$ 643,25. Já para a pessoa jurídica é de R$ 1.286,50. 

Irati chega a 108 óbitos por Covid-19: Em Irati, o Departamento de Vigilância Epidemiológica registrou cinco mortes no fim de semana. Uma mulher, de 66 anos, que tinha comorbidades, faleceu na Santa Casa de Irati. Ela estava internada na enfermaria desde o dia 19 de maio. Uma mulher, de 58 anos, que não tinha comorbidades, também morreu na Santa Casa de Irati. Ela deu entrada no Pronto Atendimento Municipal no dia 1º de maio. A paciente foi transferida para o Pronto Socorro da Santa Casa no dia 7. Já no dia 17 de maio, ela foi para a UTI. Uma mulher, de 65 anos, que tinha comorbidades, faleceu no Pronto Atendimento Municipal, onde estava internada desde o dia 19. 

O Soldado da Polícia Militar, Gilberto César Santana, de 36 anos, faleceu na tarde de sexta-feira, 21, em Curitiba. Santana havia trabalhado em Irati e estava atuando no Destacamento de Inácio Martins. Ela não tinha comorbidades e estava internado desde o dia 10 de maio na capital. Já um homem, de 47 anos, que não tinha comorbidades, morreu na UTI da Santa Casa de Irati. Ele foi internado no Pronto Atendimento no dia 22 de abril. No dia seguinte, ele foi transferido para o Pronto Socorro da Santa Casa. Já no dia 29, o paciente foi internado na UTI do hospital.  

Até a noite de domingo, 22, o município de Irati registrava 108 óbitos por coronavírus na plataforma Ecovid-19. Com 52 novos casos da doença, a cidade acumula 6.318 moradores infectados desde o início da pandemia. 5.493 pessoas estão recuperadas, 655 permanecem em isolamento domiciliar e 64 internadas, sendo 26 em enfermarias, 13 em UTIs e 25 no Pronto Atendimento Municipal. 111 pessoas aguardam resultado dos exames. 

Imbituva: Em Imbituva, um óbito foi registrado na sexta-feira, 21. A vítima foi um homem, de 38 anos, que estava internado no hospital do Rocio, em Campo Largo, desde o dia 12 de maio. Essa foi a 65ª morte por coronavírus em Imbituva. 14 moradores estão internados. Na sexta-feira, 21, o município registrou 46 novos casos da doença e teve mais 82 moradores recuperados. No acumulado desde o início da pandemia são 3.109 moradores infectados e 2.688 recuperados. 342 munícipes diagnosticados com a infecção estão em isolamento domiciliar. 230 pessoas aguardam resultado dos testes. 

Rio Azul: Já em Rio Azul, mais duas pessoas morreram por complicações da Covid-19 no sábado, 22. As vítimas foram uma mulher, de 49 anos, e um homem, de 61 anos.  Até a noite deste domingo, 23, a cidade registrava 14 óbitos em virtude da doença. 15 pessoas estão internadas. No total, 1.035 casos foram registrados, sendo 24 computados no domingo, 23. 765 moradores se recuperaram da doença e 256 casos permanecem ativos. 78 rio-azulenses aguardam resultado dos testes e 526 permanecem em monitoramento.