Publicidade Topo

notícias

Produtores tem até o dia 30 de junho para atualizar rebanho

Campanha substitui vacinação do gado. Caso não atualizar rebanho, produtor receberá multa de R$ 1.120/Karin Franco, com reportagem de Paulo Sava

Produtores devem relacionar quantos e quais animais possuem em suas propriedades. Foto: Adapar

Os produtores rurais têm até o dia 30 de junho para atualizar o seu rebanho durante a Campanha de Atualização iniciada neste mês. A campanha é promovida pela Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar).

Diferente de outros anos, a atualização será feita em uma única etapa e substitui as campanhas realizadas anteriormente. “Desde setembro de 2019, o Paraná é considerado Livre de Febre Aftosa sem vacinação. Aquelas campanhas que nós fazíamos que era para vacinação do gado foram substituídas pelas campanhas de atualização dos rebanhos”, conta a médica veterinária da Adapar, Cristina Barra do Amaral Bittencourt.

Por causa da pandemia, a Adapar possibilitou locais no interior onde os produtores poderão ter acesso aos comprovantes, preencher e entregar novamente com as informações. “Isso vai facilitar bastante para os produtores que não vão precisar vir até a cidade buscar os comprovantes e trazer de volta. Eles vão poder pegar com essas pessoas chave ou nesses pontos, leva para casa, preenche bem certinho. O comprovante é igual dos anos anteriores, vai dividir os animais por categoria de sexo e idade, e ele deve ser bem fiel à realidade. Quem duvidar, que vá lá, verifique os animais que tem, as idades, para preencher bem certinhos”, explica Cristina.

Todos os produtores precisam fazer esta atualização, mesmo os que tenham somente outras espécies, como de ovinos, que é obrigatória. “Não só dos bovinos, tem lugar para colocar outras espécies também, como caprinos, ovinos, suínos, equinos e até quem tem caixas de abelha. Completa esse comprovante bem certinho e lá embaixo tem uma linha que ele deve colocar uma data que ele preencheu, assinar o nome ao lado e tirar uma fotografia desse comprovante já totalmente preenchido e mandar via WhatsApp aqui para Adapar”, relata.

A foto pode ser enviada no WhatsApp da Adapar, pelo número 3422-7554.


A lista de pontos para distribuição dos comprovantes está no fim desta matéria. “Se tiver algumas outras comunidades, da liderança da comunidade que quiser colaborar, entre em contato conosco para a gente viabilizar que essas pessoas também recebam esses comprovantes e facilitar para os produtores dessa vez”, disse a médica veterinária.

Os produtores que não atualizarem o rebanho, pagarão multa. “Depois do dia 1º de julho que vai ser feito o auto de infração e multa. A multa o valor vai dará R$ 1.120,00”, conta.

A atualização também é um dos requisitos para conseguir emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA). “Aqueles produtores que quiserem transitar com seus animais depois do mês de maio, do dia 1º de junho em diante. Primeiro vão ter que fazer a atualização de todas as espécies na propriedade e então obter a GTA (Guia de Trânsito Animal) que é um documento obrigatório para acompanhar o trânsito de animais”, relata a médica veterinária.

A atualização do rebanho ajuda para que o Paraná consiga alcançar o status de ser livre de febre aftosa, sem vacinação, o que ajudará na comercialização do produto com outros mercados. “Esse mês no dia 27 de maio vamos ter aquela reunião na Organização Internacional de Sanidade Animal (OEE) em Paris, na Franca, e vai ter a comissão técnica avaliando e vai existir uma votação. Os representantes vão votar se o Paraná vai ser reconhecido internacionalmente ou não como livre de febre aftosa sem vacinação. Tudo indica que isso vai dar certo. Nós vamos ter a oportunidade de sermos reconhecidos como livres de peste suína, de forma independente, que hoje nos estamos num bloco que atinge vários estados”, disse.

Lista de locais para fornecimento dos comprovantes de Atualização de Rebanho:


- Pirapó: Armazém do Anselmo Neumann

- Arroio Grande: Armazém do Adão Barbosa

- Monjolo: Nilto Gravonski

- Guamirim: Agrocomercial Guamirim (ao lado do Supermercado N. S. Aparecida)

- Engenheiro Gutierrez: Vereador Amauri Cezar Jacumasso

- Rio do Couro: Vereador Hélio de Mello

- Cachoeira: será disponibilizado na missa deste sábado, dia 8, com o Padre da Paróquia Perpétuo Socorro

- Cadeado: será disponibilizado na missa deste sábado, dia 8, com a colaboração do Padre da Paróquia Perpétuo Socorro

- Alvorada: será disponibilizado na missa deste sábado, dia 8, com a colaboração do Padre da Paróquia Perpétuo Socorro

- Pinho de Cima: será disponibilizado na missa deste sábado, dia 8, com a colaboração do Padre da Paróquia Perpétuo Socorro

- Itapará: será disponibilizado na missa deste sábado, dia 8, com a colaboração do Padre da Paróquia Perpétuo Socorro

- São Miguel, São Lourenço, Pinho de Baixo, Papuã, Florestal, Divino Espírito Santo, Bom Jesus, Coxinhos e Apiaba: caso não compareçam ao culto, pedir ao coordenador dessas capelas.

- Produtores de leite: receberão os comprovantes, por meio do caminhão dos Laticínios São Miguel e Lacto Irati