Publicidade Topo

notícias

Irati registra 100º óbito e ultrapassa marca de 6 mil casos de coronavírus

Somente nesta quarta-feira, 148 pessoas foram diagnosticadas com a doença. Foi o maior número de casos registrados em um dia no ano de 2021

Imagem aérea da área central de Irati. Foto: Bruno Fauat

O município de Irati registrou o 100º óbito por coronavírus nesta quarta-feira, 19. Na mesma oportunidade, a cidade ultrapassou a marca de 6 mil casos da doença desde o início da pandemia e bateu o recorde de diagnósticos positivos de Covid-19 em um único dia em 2021. Até às 19h15, o Departamento de Vigilância Epidemiológica havia diagnosticado 148 casos somente hoje.

O paciente que faleceu foi um homem, de 71 anos, que tinha comorbidades e estava internado no hospital Erasto Gaertner desde o dia 15 de maio. Até agora, 6.015 iratienses foram infectados desde o início da pandemia. 5.243 iratienses já se recuperaram, 612 estão em isolamento domiciliar e 60 internados, sendo 21 em leitos de enfermaria, 18 de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) e 21 no Pronto Atendimento Municipal. 82 pessoas tiveram sintomas de coronavírus e aguardam resultado dos testes. Neste mês de maio, já foram registrados 1.419 casos de Covid-19 e 35 óbitos, conforme dados da plataforma Ecovid-19. Até o momento, 3.154 mulheres (52,4%) e 2.861 homens (47,6%) foram contaminados.


Nesta quarta-feira, 19, Irati atingiu a marca de 12.011 pessoas vacinadas contra a Covid-19. 6.276 iratienses receberam as duas doses da vacina. A partir desta quinta-feira, 20, os trabalhadores da educação de 55 anos poderão ser imunizados contra o coronavírus. A secretaria de Saúde vai disponibilizar algumas doses remanescentes para atender esses profissionais. As pessoas que são deste público-alvo podem comparecer em qualquer sala de vacinação do município, de acordo com cronograma de cada unidade para serem imunizados. O Departamento de Vigilância Epidemiológica informa que o município de Irati receberá 620 doses contra a Covid-19 para imunizar os trabalhadores de saúde que ainda não foram vacinados. A previsão é que essas pessoas sejam atendidas a partir da próxima semana. O cronograma de vacinação deve ser divulgado até sexta-feira, 21. A secretaria de Saúde pede aos profissionais que realizem o cadastro no site da prefeitura até 17h desta quinta-feira, 20.

Novo decreto:
Nesta quinta-feira, 20, entra em vigor o decreto que determina fechamento do comércio em Irati no período de 14 dias. Até o dia 2 de junho só podem funcionar alguns serviços elencados como essenciais. São eles: setor industrial e obras da construção civil, mercearias, minimercados, mercados, supermercados, panificadoras e açougues, farmácias, postos de combustíveis, com exceção das lojas de conveniência, distribuidoras de gás, agências bancárias e lotéricas, serviços de Registro Civil e serviços médicos veterinários. Esses dois últimos devem funcionar no sistema de agendamento com horário marcado. Todas as atividades consideradas essenciais podem funcionar de segunda a sábado até às 19 h, respeitando a capacidade de 40% de ocupação do estabelecimento. O toque de recolher passa a ser das 19h30 até 6 h do dia seguinte.

O decreto proíbe a entrada de crianças menores de 12 anos em qualquer estabelecimento. A retirada de alimentos pode ser feita de segunda a sábado até 19 h. Já as vendas na modalidade delivery podem acontecer todos os dias até 22 h. Já as atividades comerciais que não são consideradas essenciais podem funcionar na modalidade delivery, de segunda a sábado, respeitando o horário do toque de recolher. É proibido atendimento presencial de pessoas. As atividades religiosas podem funcionar com 25% nas celebrações, que devem ocorrer até 19h30.

Nos dois próximos domingos, dias 23 e 30, os únicos estabelecimentos que podem funcionar são farmácias, postos de combustíveis e distribuidoras de água. Além disso, está autorizada a entrega de alimentos no sistema delivery. O decreto também proíbe atividades presenciais em escolas públicas e privadas, cursos técnicos, supletivos, universidades, escolas de idiomas, música e autoescola. As instituições devem adotar o ensino remoto. O transporte coletivo pode funcionar com 50% da capacidade de passageiros sentados. Já as atividades advocatícias (atos processuais judiciais e extrajudiciais inadiáveis) podem ser realizadas nos escritórios desde que cumpridas as medidas sanitárias. Foram suspensos os atendimentos presenciais da Administração Pública. As únicas exceções são os trabalhos de urgência e emergência das secretarias de Saúde, Assistência Social e Segurança Pública. O decreto permite o atendimento de urgência de oficinas mecânicas e borracharias, sendo proibido a abertura do estabelecimento para atendimento contínuo. Também é permitido atendimento de urgência e emergência de consultórios médicos e odontológicos da rede privada. Já o atendimento presencial de pessoas na Ciretran de Irati será suspenso a partir desta quinta-feira, 20.

A multa para pessoas físicas que desrespeitarem o decreto é de dez Unidades de Referência do Município, o que corresponde a R$ 812,80. Já para pessoa jurídica é de 30 URMs- R$ 2.438,40. Em caso de reincidência, será aplicado o dobro do valor da multa e suspensa a licença de funcionamento do estabelecimento por 30 dias.