Publicidade Topo

notícias

Homem joga tijolo na ex-mulher e atinge chute na ex-nora

Autor das agressões fugiu e não foi localizado pela PM

Sede da 8ª Cia. Foto: Paulo Sava

Um homem jogou um tijolo na ex-mulher e ainda agrediu sua ex-nora na rua Expedicionário Miguel Langner, em Irati, na sexta-feira, 21. O tijolo atingiu a região lombar da moradora. Já a mãe dela foi agredida com um chute. O agressor ainda ameaçou matar a ex-mulher, que solicitou uma medida protetiva contra ele. O homem fugiu antes da chegada da Polícia Militar. Os policiais realizaram buscas, mas não conseguiram localizá-lo.

Ainda em Irati, a Guarda Municipal constatou uma aglomeração de pessoas nos fundos de um estabelecimento na rua Trajano Gracia, na noite de ontem, 21. Os agentes receberam uma denúncia que havia atendimento no local. O proprietário autorizou a entrada da equipe alegando que somente ele e mais um funcionário estavam no imóvel. Porém, os guardas constataram que estava ocorrendo uma reunião de pessoas, pois havia um narguilé, churrasqueira, alimentos e bebidas no local. Durante buscas nos fundos do estabelecimento foram encontradas algumas pessoas escondidas atrás de árvores e no mato. Todos foram identificados e autuados em função do descumprimento do decreto vigente. Também foi registrada uma autuação do estabelecimento, que estava funcionando fora do horário permitido.
 
Ontem, 21, a Guarda Municipal ainda constatou outras situações de descumprimento do decreto municipal, que suspende as atividades dos serviços que não são considerados essenciais até o dia 2 de junho. Na rua Zeferino Bittencourt, os guardas receberam uma denúncia que um estabelecimento estava com as portas abertas e atendendo o público. Um funcionário da Vigilância Sanitária também esteve no local depois de receber a mesma denúncia. Segundo a Guarda Municipal, uma funcionária ligou para o proprietário do estabelecimento, que ficou exaltado ao saber da ordem de não atender clientes. O homem foi orientado sobre suas responsabilidades e que pode trabalhar somente na forma de delivery. Ele acatou as ordens e foi informado que será autuado em caso de reincidência. 

Os guardas receberam outra denúncia de descumprimento do decreto na rua Júlio Vieira Lisboa. Guardas municipais e funcionários da Vigilância Sanitária verificaram a documentação do estabelecimento e constataram que ele não havia descumprido o decreto. Desta forma, o dono foi apenas orientado.
 
A Guarda Municipal ainda informa que recebeu várias denúncias de aglomerações e de estabelecimentos descumprindo o decreto municipal. Os agentes realizaram orientações e tomaram as medidas necessárias nos locais onde foram constatadas irregularidades.
 
Já na noite de ontem, 21, a Guarda Municipal realizou a sinalização e orientação dos condutores que transitavam pelo perímetro urbano da BR-153, onde um caminhão apresentou problemas mecânicos e ficou parado sobre a via. A equipe permaneceu no local até a chegada do guincho e liberação da via.


Em Ivaí, um adolescente estava conduzindo uma motocicleta. Ao perceber a presença da PM realizando patrulhamento na rua Joaquim Marcondes Pupo, o jovem mudou seu trajeto na via. Isso chamou a atenção dos policiais, que o abordaram. O rapaz não portava objetos ilícitos. Porém, foi constatado que ele tem apenas 16 anos e não deveria estar conduzindo a moto, pois não é habilitado. A moto apresentava emplacamento diferente do número do chassi. Por isso, ela foi recolhida ao pátio do Destacamento de Ivaí. Já o adolescente foi encaminhado para a Delegacia de Imbituva.


Já no interior de Ivaí, um homem abandonou uma motocicleta no fim da noite de ontem, 21. Por volta das 23h30, a equipe transitava pela estrada de Bom Jardim do Sul quando viu uma moto com as luzes apagadas. O condutor não obedeceu a ordem de parada dos policiais. Ele realizou o retorno e seguiu sentido à localidade de Lageadinho. Em um determinado momento, ele abandonou a moto e fugiu em direção ao matagal. O condutor não foi localizado pela PM. Já a moto foi apreendida e conduzida ao destacamento.

Em Rebouças, um casal se envolveu em uma briga. Os envolvidos na ocorrência disseram que estavam bebendo em uma chácara. Ao chegarem na residência, eles trocaram agressões físicas. Os dois realizaram o laudo de lesões corporais no hospital Dona Darcy Vargas e foram encaminhados para a Delegacia. 

Já em Teixeira Soares, um homem descumpriu o isolamento domiciliar da Covid-19. Segundo a Vigilância Sanitária Municipal, o morador estava sendo monitorado, pois teve contato com pessoas que foram diagnosticadas com coronavírus. Por esse motivo, ele deveria permanecer em sua residência. Porém, ele foi flagrado transitando na via pública. O homem foi orientado para ficar em casa. Além disso, foi registrado o Boletim de Ocorrência para que ele seja intimado para comparecer na Delegacia posteriormente.