Publicidade Topo

notícias

Homem é morto no interior de Ivaí

Policiais encontraram pedaços de madeira com sangue ao lado do corpo da vítima

Foto: Paulo Sava

Um homem, de 42 anos, foi encontrado morto na localidade de Doutor Ferreira Correia, em Ivaí, na manhã de ontem, 28.

Um morador que acionou a Polícia Militar disse que seu pai contratou a vítima para trabalhar em sua propriedade com serviços de lavoura e cedeu uma casa para ele. O homem afirmou que viu a vítima pela última vez na quarta-feira, 26. No início da semana, o homem assassinado relatou que seu filho também estava residindo na casa. Porém, ele não foi encontrado no dia do crime. O investigador da Polícia Civil, uma perita e um motorista do Instituto Médico-Legal (IML) estiveram no local realizando os procedimentos. Os policiais encontraram pedaços de madeira com sangue ao lado do corpo da vítima, que foi atingida com golpes na cabeça. Em consulta ao nome da vítima, os policiais constataram que ele possuía um mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo agravado.


Em Fernandes Pinheiro, um botijão de gás foi furtado da Igreja Evangélica Assembleia de Deus da Congregação da localidade de Campinas. Uma porta dos fundos do local foi arrombada. A Polícia Militar realizou buscas nas proximidades, mas não encontrou o botijão e nem o autor do furto. Em Rio Azul, um cavalo tordilho desapareceu de uma propriedade na rua Madre Tereza de Calcutá. O proprietário disse que procurou o animal em toda a área urbana, mas não conseguiu encontrá-lo. O homem disse que não sabe se o cavalo foi furtado ou fugiu de sua propriedade.
 
Ainda em Rio azul, um homem ameaçou a esposa e quebrou vários objetos da residência do casal na rua Antonio José dos Passos. A mulher afirmou que o marido chegou em casa alterado em função de ter consumido drogas. A vítima conseguiu sair da casa e foi até o Destacamento da PM para pedir ajuda. A equipe do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) foi acionada para prestar apoio social a mulher que está grávida e não possui familiares em Rio Azul. Os funcionários do CREAS recomendaram que a mulher saísse de sua residência. A PM prestou apoio a vítima para que ela retirasse seus objetos da casa. A vítima ainda entregou aos policiais duas espingardas de pressão que o homem teria utilizado para ameaçá-la. As armas foram apreendidas e encaminhadas para a Delegacia de Rebouças.
 
Em outra ocorrência na rua Albino Ianoski, em Rio Azul, policiais constataram que sete pessoas, incluindo duas crianças, estavam em uma residência. O dono da casa disse que seu irmão e alguns familiares foram visitá-lo. Os agentes da saúde que estavam trabalhando de plantão e a Vigilância Sanitária estiveram no local e fizeram orientações aos moradores. Já na rua Nossa Senhora da Luz, em Rio Azul, um motorista sem habilitação foi abordado pelos policiais. Ele estava conduzindo um veículo Gol, que não tinha pendências. Por isso, ele foi liberado para um condutor habilitado.