Publicidade Topo

notícias

Homem ameaça matar vizinho em Ivaí

Autor da ameaça entregou garrucha calibre 22 com três munições aos policiais

Arma e munições apreendidas pela PM. Foto: PM/Divulgação

Um homem ameaçou matar o vizinho em Ivaí. A ocorrência foi registrada no domingo, 30, na rua Thomaz Hnyda.

Um morador disse que seu vizinho apontou uma arma em sua direção e ameaçou matá-lo. O autor da ameaça foi abordado pela Polícia Militar e confirmou a situação. Ele entregou aos policiais, uma garrucha calibre 22 com três munições intactas. Os dois vizinhos foram levados para o Destacamento da PM de Ivaí. Em seguida, eles foram conduzidos para a 13ª Subdivisão Policial (SDP) de Ponta Grossa.

Ainda em Ivaí, policiais foram acionados para prestarem apoio a Vigilância Sanitária na verificação de uma confraternização com aglomeração de pessoas na rua Desembargador Ermelino de Leão. Com a chegada da PM, as pessoas que estavam no local correram para dentro de duas residências que ficam no mesmo terreno. Um homem que atendeu a equipe desobedeceu a ordem de abordagem para averiguação e passou a incitar outros moradores, que partiram para cima dos policiais.


Em uma nova tentativa de abordagem, o homem correu em direção aos policiais de forma agressiva. Com isso, foi utilizado spray de pimenta e um bastão para imobilizá-lo. Duas mulheres que estava com crianças no colo tumultuaram a situação e puxaram o morador para dentro da casa. A proprietária de uma residência que fica nos fundos do imóvel foi notificada. Logo depois, os policiais abordaram o homem que havia investido contra a equipe. Ele concordou de acompanhar a PM até o Destacamento, onde assinou Termo Circunstanciado por desobediência. Após o término dos procedimentos, as pessoas envolvidas foram liberadas.

Já em Imbituva, um botijão de gás foi furtado de uma residência na rua Projetada D, no domingo, 30. Uma mulher disse aos policiais que não estava na casa quando o filho do seu compadre entrou no local e pegou o objeto. O suspeito do furto foi abordado em sua residência. Ele afirmou que vendeu o botijão para um morador do interior do município.

Policiais foram até o local indicado e conversaram com o morador. Ele confessou que comprou o botijão de gás pela quantia de R$ 100. No entanto, o homem disse que não sabia a origem do objeto e não conhecia o rapaz que vendeu o botijão. A responsável pela casa onde ocorreu o furto disse que o autor do delito é uma pessoa de sua confiança. A mulher ainda afirmou que o jovem furtou outros objetos da casa do seu pai e de vizinhos em outras ocasiões. Segundo a moradora, o autor do furto é usuário de drogas. O rapaz foi conduzido para a 13ª SDP de Ponta Grossa.