Publicidade Topo

notícias

Fiação elétrica é furtada de dois barracões de igreja no interior de Rebouças

Fios de um padrão de luz desativo também foram furtados
2º Pelotão da PM de Rebouças. Foto: Rádio Najuá/Arquivo

A fiação elétrica de dois barracões da capela da localidade de Poço Bonito, no interior de Rebouças, foi furtada. Os homens que invadiram o local também furtaram os fios de um padrão de luz desativado. O responsável pela capela não soube relatar o dia que o furto aconteceu.

Outro furto ocorreu em uma residência em Fernandes Pinheiro na manhã de ontem, 30. O proprietário da casa disse que saiu do local por volta das 8h30. Ele permaneceu ausente somente 30 minutos. Entretanto, esse tempo foi o suficiente para o imóvel ser invadido. A quantia de R$ 330 em dinheiro e um cartão bancário foram levados da casa. O morador afirmou que ao sair da residência esqueceu de trancar a porta com a chave, pois seu filho, de 15 anos, ficou dormindo no quarto. O rapaz não percebeu nenhuma movimentação na casa.


Em Teixeira Soares, uma mulher foi agredida pelo convivente. Ela relatou que não quer mais conviver com o homem. Por isso, ele ameaçou a esposa e disse que ela não ia ficar com outra pessoa. Além disso, ele puxou a mulher pelos cabelos e pelo braço, o que causou um hematoma em suas costas. A vítima afirmou que o agressor reside em Fernandes Pinheiro. Policiais militares da cidade vizinha foram acionados, mas não conseguiram localizá-lo.

Um homem se apropriou de um carro de forma indevida em Irati. Na manhã de ontem, 30, uma pessoa foi até a sede da 8ª Cia e relatou que comprou um veículo Gol no sábado, 29. No início da manhã de domingo, por volta das 6h30, ele emprestou o automóvel para uma pessoa. Porém, ele não retornou para devolvê-lo. O dono do carro disse que entrou em contato com o homem que havia emprestado o veículo, mas ele relatou que não ia devolver. Por isso, o morador foi orientado para procurar a Polícia Civil.

Na tarde de ontem, 30, um homem realizou disparos de arma de fogo na direção do seu sobrinho no bairro Nhapindazal. A vítima disse que teve um desentendimento com o tio. O fato ocorreu porque alguns animais e aves que pertencem ao homem estavam entrando na residência do tio. Para impedir que isso acontecesse, o morador passou a atirar nas aves. Durante a discussão, ele ameaçou o sobrinho e efetuou alguns disparos em sua direção. Nenhum tiro acertou a vítima. A Polícia Militar esteve no local, mas o autor das ameaças já havia deixado o local.

Em outra ocorrência, uma mulher foi agredida pelo sogro de sua filha. Ontem, 30, a vítima afirmou que resolveu visitar a filha, o que não acontecia há aproximadamente seis meses. No momento que as duas mulheres conversavam, o sogro da moradora mandou a mãe dela ir embora e a agrediu com um soco, que causou uma lesão em sua testa. A vítima foi orientada para realizar o laudo de lesões corporais e comparecer na Delegacia de Irati.