Publicidade Topo

notícias

Dinheiro é furtado de laboratório em Rio Azul

Janela da frente do estabelecimento foi arrombada. Dinheiro foi furtado do caixa

Foto: Paulo Sava

Aproximadamente R$ 5 mil foram furtados de um laboratório em Rio Azul. O proprietário constatou o furto na manhã de sábado, 1º. Na ocasião, ele observou que a janela da frente do estabelecimento havia sido arrombada. O dinheiro foi levado do caixa. A Polícia Militar solicitou que um vizinho verificasse as câmeras de segurança para observar se houve alguma movimentação estranha durante a madrugada.

Em outra ocorrência em Rio Azul, policiais abordaram uma moto Honda CB 300 que apresentava adulteração na característica original do escapamento. Por isso, a moto estava emitindo ruídos elevados. Sendo assim, ela foi recolhida ao pátio do Destacamento da PM. A moto que era ocupada por um casal foi abordada na Avenida Manoel Ribas na manhã de sábado, 1º.

Também em Rio Azul, a PM localizou um homem que possuía um mandado de prisão expedido pela Comarca de Rebouças com validade até 29 de abril de 2033. Ele foi encontrado em frente à sua residência no sábado, 1º. O homem foi encaminhado para a Delegacia de Rebouças.

Em Rebouças, uma Kombi colidiu no muro de uma residência na rua Vitório Cruz na tarde de sábado, 1º. A colisão quebrou alguns tijolos. Um dos ocupantes do carro ofereceu R$ 5 para a moradora pelo dano causado. A PM foi acionada, mas não localizou os dois homens que estavam na Kombi.


Em Teixeira Soares, um morador da Vila Nova acionou a PM depois de constatar danos nos cabos da rede elétrica. Ele também comunicou o fato ao Corpo de Bombeiros em função do risco de incêndio em uma casa e um veículo. Funcionários da Copel estiveram no local para desligar a energia da rede. Os bombeiros constataram que haviam fios cortados próximo de um poste e focos de incêndio. O morador disse que viu dois homens circulando em uma propriedade vizinha em outro dia. O incêndio resultou apenas em danos na rede elétrica e queima da mata.

Em Fernandes Pinheiro, um adolescente, de 17 anos, teve a moto danificada na noite de sábado, 1º. A mãe do garoto disse que ele estava em um bar e teve um desentendimento com o proprietário. A discussão teria ocorrido em virtude do valor a ser pago. O rapaz foi ameaçado e fugiu para sua casa. Depois disso, o dono do bar e seu filho foram até a residência do adolescente. O menor foi retirado do imóvel. Em seguida, pai e filho danificaram a moto Yamaha YBR 125 do adolescente. A mãe do jovem disse que não tinha interesse de representar à ocorrência.