Publicidade Topo

notícias

Decreto determina fechamento do comércio nos domingos em Rio Azul

Medida é válida por 15 dias a partir deste fim de semana. Estabelecimentos podem funcionar de segunda a sábado das 6 às 20 h
Foto: Divulgação

O prefeito de Rio Azul, Leandro Jasinski, publicou ontem um novo decreto com medidas mais restritivas de combate ao coronavírus em função do aumento do número de casos ativos e mortes por complicações da doença no município.

O toque de recolher passa a ser das 20 h às 5 h do seguinte. Podem circular nas vias públicas neste horário apenas entregadores de restaurantes e lanchonetes e trabalhadores de serviços considerados essenciais. O comércio não terá funcionamento nos domingos. Somente farmácias e postos de combustíveis terão atendimento no sistema de plantão. Já a multa para quem não usar máscara de proteção facial será de R$ 200. É obrigatório o uso de máscara nos espaços abertos ao público ou de uso coletivo e nos estabelecimentos comerciais, industriais, bancários ou em qualquer lugar onde possa haver aglomeração de pessoas. As medidas são válidas por 15 dias.

As atividades que continuam suspensas são aulas presenciais, catequese e eventos que resultarem na aglomeração de pessoas, como festas de casamento, aniversários, formaturas, jantares dançantes, bailes, shows e confraternizações em geral, encontros familiares ou corporativos em bens públicos ou privados. A mesma medida vale para atividades esportivas, como futebol, futsal, vôlei, basquete, motocross, velocross, tiros de laço em espaços públicos ou privados.

Prestadores de serviços, clínicas, comércio, autônomos e escritórios de profissionais liberais, academias e escolas de cursos podem funcionar de segunda a sábado das 6 às 20 h. As academias de ginástica devem respeitar o limite de 30% de ocupação. Cursos e reuniões podem ser realizados com no máximo dez pessoas. Estabelecimentos com capacidade de atender 30 pessoas ou mais devem controlar o acesso dos clientes por meio digital ou senha. Conforme o decreto, é proibida a colocação de mesas na calçada. Nos restaurantes, bares e lanchonetes as mesas devem respeitar o distanciamento de dois metros. Nesses locais foi proibido o compartilhamento de narguilé, tereré e chimarrão. É recomendado que apenas uma pessoa por família compareça nos estabelecimentos. As atividades na academia de saúde podem ser realizadas com agendamento prévio de horário. O decreto também recomenda a proibição de visitas na APAE e Lar dos Velhinhos.


Em caso de reincidência no descumprimento das medidas, as multas terão o valor dobrado. Quem descumprir as medidas de isolamento por suspeita ou confirmação de coronavírus receberá multa de R$ 500. Em caso de reincidência, o valor passa para R$ 1000. Se o infrator for menor de 18 anos ou incapaz, a multa poderá ser aplicada ao responsável legal. O decreto também determina advertência na primeira vez que houver descumprimento das medidas com prazo de uma hora para regularizar a situação.

O estabelecimento poderá ser interditado com suspensão das atividades pelo prazo de até sete dias. Outra punição será a cassação do alvará de Licença para Localização e Funcionamento. As fiscalizações serão intensificadas pelos órgãos municipais responsáveis (Fiscal Geral Municipal, Vigilância Sanitária e servidores municipais designados por meio de portaria). Denúncias de irregularidades podem ser feitas pelo telefone/Whatsapp 9-9125-6089. As denúncias devem ser identificadas e acompanhadas de comprovação da infração. É garantido o sigilo dos denunciantes.

Rio Azul já teve dez mortes por Covid-19: Dois óbitos por complicações da Covid-19 foram confirmados nas últimas horas em Rio Azul. Um homem, de 56 anos, e uma mulher, de 57 anos, faleceram. Eles residiam na área urbana e tinham comorbidades. Desde o início da pandemia, dez rio-azulenses morreram em virtude da doença. Até ontem, 574 casos já haviam sido diagnosticados no município. 449 pessoas se recuperaram e 116 casos permanecem ativos. Treze novos casos foram registrados ontem. 66 pessoas aguardam resultado dos testes e 300 moradores estão sendo monitorados. Até ontem, dez rio-azulenses com coronavírus estavam internados.

Neste sábado, o hospital São Francisco de Assis recebeu oito cilindros de oxigênio repassados pela Secretaria de Estado da Saúde (SESA) por intermédio da 4ª Regional de Irati. “Chegou em boa hora, pois Rio Azul nos últimos dias vem apresentando um crescente aumento de casos e em consequência internamentos. Agradecemos ao Secretário Beto Preto e a direção da 4ª Regional na pessoa do Walter Henrique Trevisan pelo apoio”, agradece a secretaria de Saúde de Rio Azul em postagem no Facebook.