Publicidade Topo

notícias

Varal de Poesias de Imbituva está com inscrições abertas até dia 30 de abril

As quatro melhores poesias serão premiadas. Concurso faz parte das comemorações dos 150 anos de Imbituva/Karin Franco, com reportagem de Paulo Sava
Concurso de poesia integra programação comemorativa do aniversário de 150 anos de Imbituva. Foto: Divulgação
As inscrições para participar do Varal de Poesias de Imbituva acontecem até o dia 30 de abril. O Varal de Poesias é uma das ações que integrarão as comemorações dos 150 anos de Imbituva. O concurso cultural escolherá as melhores poesias para integrar o varal que será exposto no município. As inscrições podem ser realizadas pela internet, no e-mail varaldepoesias2021@gmail.com.

O formato das poesias é livre, mas deverá ter como tema o município de Imbituva. “O tema é Imbituva. É em comemoração aos 150 anos da cidade. Nossa cidade tem muitas histórias, tem muita paisagem, muita natureza e isso me inspira. Queria que isso inspirasse as pessoas também”, disse a professora e escritora, Maria Silvana Prado, que faz parte da comissão que está promovendo as atividades do aniversário de 150 anos de Imbituva.

A escritora destaca que os participantes podem exercer sua criatividade de forma livre, trazendo rimas que ajudem a falar sobre os sentimentos dos munícipes neste tempo. “As pessoas durante essa pandemia ficaram muito tempo fechadas em casa. Vamos se inscrever, colocar para fora o sentimento, o que está havendo, sem vergonha. Escrever realmente o que você sente. Poesia é isso. Poesia é você se derramar no papel mesmo”, avalia Maria.


Os quatro primeiros colocados do concurso serão premiados. Quem ficar em primeiro lugar ganhará um tablet. O prêmio para o segundo colocado é o livro “Contestado: Cidades, Reflexos e Coisificações Geográficas”, de Nilson Cesar Fraga. O terceiro lugar ganhará o livro “Imbituva e suas histórias”, de Cleusi T. Bobato Stadler. Já o quarto colocado receberá o livro “Em busca de um lugar chamado eu”, de Maria Silvana Prado.

Prêmio Imbituvense: 
Outra ação que faz parte da programação dos 150 anos de Imbituva é a entrega do Prêmio Imbituvense. A premiação não foi realizada no ano passado, por causa da pandemia, mas será acontecerá neste ano.

A cerimônia de premiação acontecerá no dia 3 de maio, na Câmara de Vereadores, em Imbituva. Serão homenageados neste ano a professora Cília, que receberia o prêmio no ano passado, e o ex-prefeito Edison Pupo.

Maria Silvana explica que os homenageados são escolhidos pelos integrantes da Academia de Letras, Artes e Ciências da Região Centro-Sul (ALACS) de Imbituva, que promove o evento. “Ele é dado a pessoas escolhidas por nós e que fizeram diferença na nossa sociedade, na nossa comunidade, na nossa cidade. Pessoas que fizeram algo muito grandioso, tanto na educação, como nas artes em geral, ou até na política. Pessoas que marcaram de alguma maneira a nossa história”, relata.

Unibem: A professora ainda destaca que há um trabalho social realizado em Imbituva que ajuda crianças de famílias carentes. “A Unibem é uma ONG que cuida das crianças enquanto os pais estão no trabalho. Geralmente são pessoas muito humildes que não tem como pagar ninguém para ficar com essas crianças. São crianças de 7 a 15 anos. São pré-adolescentes que ficam em situação de risco em casa. Risco que eu digo de repente alguém oferece alguma coisa, droga, um perigo e violência. Nós acolhemos essas crianças lá. Elas têm comida, tem aula de religião, aula de artes, reforço escolar, principalmente”, conta.

Na páscoa, a ONG recebeu ajuda da empresa Cacau Show, com a doação de ovos de chocolate para os alunos matriculados. Mas por causa da situação social de muitas famílias, a ONG tem realizado campanhas de arrecadação para ajudar crianças e adolescentes.

Entre as ações estão a venda de pão, bolacha e bazar de roupas. Mas segundo, Maria Silvana, é preciso de mais ajuda. “Faço aqui meu pedido, aos empresários da cidade, tem pais e tem famílias indo buscar ovos e falando que literalmente estão passando fome. Queria pedir para quem tem o que sentir no coração, ajudar. Já entrei em contato com algumas pessoas, a gente conhece a realidade dessas crianças, então alguns empresários, ajudem. É um momento difícil, é, mas eu acredito que se você doar um pouquinho, se cada um doar um pouquinho, doar algo, a gente vai poder modificar, pelo menos a mesa dessas crianças”, relata.

Quem quiser ajudar pode entrar em contato com a ONG Unibem, que fica no Morro das Pedras, em Imbituva, ou falar com Maria Silvana pelo telefone (42) 9-9992-3719.