Publicidade Topo

notícias

Secretaria de Esportes de Irati adia início das atividades da escolinha de futebol

Adiamento para uma data ainda não definida foi necessário devido ao aumento de número de casos de coronavírus no município/Lenon Diego Gauron, com reportagem de Paulo Sava

Escolinha de futebol da secretaria de Esportes será comandada por Play de Freitas (foto). Imagem: Paulo Sava

A Secretaria Municipal de Esportes de Irati decidiu adiar o início das atividades da escolinha de futebol que teria início nesta terça-feira, 13, devido ao aumento do número de casos de coronavírus na região. O projeto tem como objetivo atender jovens entre 8 e 17 anos.

Em entrevista à Najuá, o treinador de futebol, Play de Freitas, que atualmente está trabalhando na prefeitura de Irati, disse que o adiamento para uma data ainda não definida foi decidido durante uma reunião na Secretaria Municipal de Esportes. “Nós fizemos uma reunião e achamos melhor, devido à pandemia e os decretos municipais, não dar início à escolinha nesse dia 13, como havíamos falado há um tempo atrás na Najuá. Ainda vai ter a escolinha, mas nós precisamos esperar passar um pouco desta pandemia, esperar diminuir um pouco para marcarmos uma data para iniciar o nosso projeto da escolinha de futebol”, disse Play, que aguarda a publicação de novos decretos municipais liberando as atividades esportivas para definir a data de início das atividades.

Quer receber notícias locais?

O treinador reforça que o projeto será retomado assim que for possível utilizar os espaços públicos. “Estamos planejando e elaborando para que esse projeto venha a acontecer e, assim que a pandemia der uma trégua, assim que as aulas voltarem, e que nós possamos usar os espaços municipais como o estádio municipal, o campo da Vila São João, o campo do Juventus e do Guarani, assim que nós pudermos usar esses espaços para levar a garotada e iniciar os trabalhos da escolinha, vamos anunciar a data precisa para isso acontecer”, complementa. 

De acordo com Play, o projeto irá atender crianças e adolescentes de diversas regiões de Irati de forma gratuita. “Está tudo planejado. Só falta darmos início e começar a dar as aulas para os meninos. Será uma escolinha que irá abranger as idades entre 8 e 17 anos, com treinos de segunda à sexta-feira. Uma equipe vai direcionar os meninos para o Juventus, ou para a Vila São João, ou para o Municipal ou para o Guarani, onde vamos atender a todas as comunidades perto desses locais. Vai ser um projeto social gratuito, com objetivos que vamos falar posteriormente como vai ser a nossa programação dentro dessa escolinha”, afirmou o treinador.

Ele comenta que o único critério para fazer parte da escolinha de futebol é gostar de praticar esportes. De acordo com o treinador, novas categorias poderão ser criadas para disputarem competições no futuro. “O critério é ele querer praticar esporte. Querer ter uma atividade esportiva que é importante. Não vamos fazer nenhuma avaliação técnica, mas no decorrer dos treinamentos, vamos selecionar uma equipe sub-9, uma equipe sub-11, uma equipe sub-13 e uma sub-17 para representarmos o município em algumas competições”, destaca.

No ponto de vista do treinador, o projeto social é importante principalmente para jovens de famílias carentes que muitas vezes não têm acesso ao esporte de forma gratuita. “Aqui em Irati nunca teve uma escolinha efetiva do município. Então a gente pode ajudar a comunidade e as crianças que querem praticar o esporte e às vezes não têm o dinheiro para pagar uma escola particular e isso é importante porque o trabalho vai ser igual ou até melhor que uma escola privada”, avalia Play.