Publicidade Topo

notícias

Novo decreto flexibiliza horário do comércio de Irati

Decreto que entrou em vigor nesta quinta-feira, 15, autoriza a realização de lives e aumenta a quantidade de público nas igrejas para 40% da capacidade dos templos/Paulo Henrique Sava, com informações da SECOM/Prefeitura de Irati

Em vídeo, prefeito Jorge Derbli pede que iratienses continuem atuando como fiscais e cobrem a adoção de medidas de combate à Covid-19 uns dos outros. Foto: Reprodução
Entrou em vigor nesta quinta-feira, 15, em Irati, o decreto municipal nº 272/2021, que flexibiliza o horário de funcionamento do comércio até as 23 horas. Com isso, o município alterou em uma hora o toque de recolher, que passa a vigorar das 23h às 05 horas do dia seguinte. O novo documento também autoriza a presença de crianças menores de 12 anos nos estabelecimentos, aumenta a quantidade de pessoas nas igrejas e flexibiliza a realização de lives nas redes sociais. De acordo com o texto, a partir de hoje, as igrejas podem realizar cultos e missas com 40% da capacidade de público de cada templo. 

Já as lives com apresentações artístico-culturais podem ser realizadas com a presença de, no máximo, seis pessoas por estúdio. Nestes locais, fica proibido o consumo de alimentos e bebidas. Não será permitida a presença de pessoas em salas de espera. Reuniões corporativas podem ter, no máximo, 30% da capacidade de público nos locais onde forem realizadas.  As demais normas de segurança e cuidado, restrições e fiscalização estabelecidas pelo decreto anterior continuam valendo. Quem descumprir as regras estará sujeito a aplicação de multa. 

Quer receber notícias locais?

Em vídeo divulgado pela Secretaria de Comunicação (SECOM), o prefeito Jorge Derbli (PSDB) destacou que o novo decreto tem como objetivo ajudar a manter a saúde financeira do município. No entanto, ele solicita que as pessoas continuem tomando as medidas necessárias para o combate à Covid-19. “A situação da Covid-19 não depende deste decreto: para combatermos a doença, dependemos de você permanecer com o distanciamento, evitar aglomerações, utilizar máscara e álcool gel, tudo isso que há mais de um ano a gente vem falando”, pontuou.

O prefeito pede que todos os iratienses sejam fiscais e ajudem a cobrar a adoção das medidas de segurança. “Precisamos que você seja o nosso fiscal e nos ajude. Não podemos estar em todos os locais, mas se cada um que está cumprindo o decreto com a máscara e o álcool gel cobrar da outra pessoa que não está obedecendo, já nos ajuda. Eu vejo muito em filas de supermercado e outros locais que as pessoas se aproximam muito e não mantem o distanciamento. Olhe para trás e peça ‘Dá licença, volte um pouquinho para trás e vamos respeitar’. É isto que eu quero que você faça: seja um fiscal da saúde de Irati”, finalizou.

O novo decreto está disponível para acesso no site da Prefeitura de Irati, clicando no banner “Tudo sobre a Covid-19”.