Publicidade Topo

notícias

Mulher agride marido com golpes de facão

Homem sofreu ferimentos superficiais no braço esquerdo e algumas escoriações na barriga

Foto: PM/Divulgação

Uma mulher atingiu golpes de facão no seu marido. A ocorrência foi registrada no bairro Engenheiro Gutierrez, em Irati, na quinta-feira, 1º. As agressões ocorreram após um desentendimento entre o casal. 

O homem sofreu ferimentos superficiais no braço esquerdo e algumas escoriações na barriga. Apesar disso, ele não demonstrou interesse de representar a ocorrência. Na rua Jerônimo Menon ocorreu mais uma situação de violência doméstica. Uma mulher disse que foi agredida pelo filho, de 18 anos. O rapaz ainda tirou a mãe para fora da casa e trancou as portas não permitindo sua entrada. A vítima acionou a Polícia Militar, mas o jovem fugiu pela janela dos fundos. A moradora não apresentava ferimentos e foi orientada se tiver interesse de dar sequência no Boletim de Ocorrência.

Ainda em Irati, uma mulher teve alguns objetos furtados quando estava fazendo compras em um mercado. A situação foi registrada na tarde de ontem, 1º. A vítima disse que uma mulher de aproximadamente 30 anos pediu para ela esticar o braço e pegar um produto. Neste momento, a mulher se distraiu e acabou expondo sua bolsa. Com isso, a autora do furto pegou um celular, dois cartões de banco e uma carteira que estavam dentro da bolsa. A mulher só constatou o furto cerca de 40 minutos depois. A vítima disse que a autora do furto deixou o local. A PM foi acionada, mas não conseguiu encontrá-la.

Quer receber notícias locais?

Na rua João Cândido Ferreira, o proprietário de uma casa foi advertido em função de uma situação de perturbação de sossego e aglomeração de pessoas no início da madrugada de hoje, 2. Conforme repassado para a PM, havia som alto e algazarras na residência. Os policiais constataram que havia algumas pessoas que não residem no local. O responsável pelo imóvel foi orientado sobre os riscos de transmissão da Covid-19. Depois disso, ele solicitou às pessoas que deixassem sua casa e desligou o som. Uma ocorrência semelhante foi registrada na rua Agostinho Zarpellon. Guardas municipais e policiais militares estiveram no local e constataram que várias pessoas estavam no imóvel. O dono da casa também foi advertido a respeito da aglomeração e pediu para que todos saíssem do local.

Em outra ocorrência em Irati, um homem afirmou que sua vizinha estava batendo nas paredes de sua residência e gritando seu nome por volta das 2h20 da madrugada de hoje. O morador afirmou que a mulher estava embriagada, o que foi constatado pela PM. Ela foi abordada e advertida para retornar a sua casa. A mulher foi orientada para não perturbar o sossego dos vizinhos, que já haviam ligado para a polícia em função dos seus gritos.

Em Inácio Martins, a PM também constatou uma situação de som alto e aglomeração de pessoas em uma residência. A caixa de som foi apreendida. Já a proprietária do imóvel foi encaminhada ao Destacamento para assinar o Termo Circunstanciado.