Publicidade Topo

notícias

Morador de Irati agride ex-mulher com socos e tenta asfixiá-la

Autor das agressões invadiu a casa da ex-mulher pela janela da cozinha. PM foi acionada, mas homem fugiu e não foi encontrado

Foto: PM/Divulgação

Um homem agrediu a ex-mulher com socos e tentou asfixiá-la na rua das Perdizes, no bairro Alto da Lagoa, em Irati. Ele invadiu a casa da vítima pela janela da cozinha. A situação foi registrada na tarde de sábado, 10. 

A moradora conseguiu se esconder até a chegada da Polícia Militar. Policiais realizaram buscas no bairro, mas não conseguiram encontrar o agressor. A vítima foi orientada para procurar a Delegacia de Polícia Civil para dar continuidade ao Boletim de Ocorrência. 

Na localidade de Faxinal dos Ferreiras, um homem relatou que está sendo ameaçado pelos irmãos. O motivo seria a venda de um terreno. O morador optou em representar posteriormente à ocorrência. 

Na noite de sábado, 10, um morador da rua Coronel Saboia entrou em contato com a PM para informar que estava sendo ameaçado de morte pela ex-mulher. Pouco depois, a mulher acionou a polícia e disse que ela estava sendo ameaçada pelo ex-marido. Policiais foram até a residência e encontraram somente o homem. Ele disse que a mulher já havia deixado o local.

Quer receber notícias locais?

Já na madrugada de domingo, 11, por volta da 1 h, um homem que reside na rua Domingos da Luz disse que seus vizinhos que moram na rua João Wasileski estavam com o som alto e promovendo algazarras. O morador afirmou que tentou pedir para a vizinha baixar o volume, mas ela não acatou e falou palavras de baixo calão. Além disso, a mulher ordenou que o homem deixasse o local. O homem informou que os moradores dessa casa frequentemente fazem festa e incomodam os vizinhos. A PM conduziu a mulher até a sede da 8ª Cia, onde ela assinou o Termo Circunstanciado por injuria ao vizinho. Os envolvidos na ocorrência foram orientados e liberados. 

Também na madrugada de domingo, 11, a PM foi informada que um homem havia sido encaminhado para a Santa Casa de Irati após sofrer ferimentos causados por uma faca. Porém, em contato com a recepção do hospital, os policiais receberam informações que uma pessoa deu entrada no Pronto Socorro com ferimentos que seriam oriundos de socos e não de faca. A vítima não quis relatar quem causou os ferimentos. 

Já na rua Duque de Caxias, moradores relataram que estava ocorrendo uma briga envolvendo dois casais na madrugada de domingo, 11, por volta das 3 h. Policiais foram até o edifício e foram informados que os gritos estavam perturbando o sossego dos moradores. A equipe já estava no imóvel quando um homem atingiu socos no rosto de uma outra pessoa presente no local. Os policiais precisaram imobilizar o agressor. Entretanto, o homem resistiu para ser algemado e sua namorada impedia a equipe de realizar a contenção. Segundo a PM, ela recebeu ordens para se afastar, mas continuou desobedecendo. Por isso, ela foi imobilizada e não precisou ser algemada, pois acabou se acalmando. As pessoas envolvidas na briga foram conduzidas para a Delegacia e autuadas por rixa, desobediência e resistência. 

Em Inácio Martins, uma Saveiro foi apreendida por apresentar débitos na documentação. Policiais transitavam no cruzamento das ruas Afonso Pena e Sete de Setembro no momento que constataram que o motorista da Saveiro realizou uma arrancada brusca. O condutor foi abordado na esquina das ruas Sete de Setembro e Rui Barbosa. Em virtude das irregularidades, o carro foi recolhido ao pátio do Destacamento da PM. Já o motorista foi liberado pelos policiais. 

Também em Inácio Martins, a PM recebeu uma denúncia anônima de que alguns homens estavam portando armas na estrada da localidade de Campina Branca e seriam caçadores. Policiais constataram que três homens saíram da mata. No entanto, eles não acataram a abordagem. Os suspeitos correram na direção de um matagal e realizaram disparos de arma de fogo. A PM reagiu e também efetuou alguns tiros. Entretanto, os homens se esconderam na mata. Com isso, não foi possível abordá-los. 

Ainda em Inácio Martins, dois adolescentes foram ameaçados por um homem na Vila Nova, no sábado, 10. Uma mulher, que é mãe de um dos garotos e tia do outro rapaz, disse que o autor das ameaças acusou os adolescentes de cometerem um furto na residência de sua irmã. Os jovens negaram o fato. Porém, o homem portava uma faca e disse que ia pegá-los. Os adolescentes conseguiram correr e escaparam das agressões.