Publicidade Topo

notícias

Decreto estadual com medidas restritivas pode ser prorrogado por mais uma semana

De acordo com o diretor de Gestão em Saúde da SESA, Vinícius Filipak, já são 811 pacientes esperando por um leito no Paraná, sendo 336 por de UTI e não há mais possibilidade de expansão de rede/Juliana Sartori/AERP

Dr Vinícius Filipak. Foto: Divulgação

O decreto com as medidas mais restritivas de combate à covid-19 no Paraná pode ser prorrogado por mais uma semana. É o que afirmou o diretor de Gestão em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), Vinicius Filipak. Segundo ele, com os números de mortes, casos confirmados, fila de espera e de lotação dos hospitais em alta, será necessário manter as restrições aos serviços não essenciais e suspensão das atividades escolares de forma presencial. De acordo com Filipak, já são 811 pacientes esperando por um leito no Paraná, sendo 336 por de UTI e não há mais possibilidade de expansão de rede. O decreto em vigor hoje no Paraná tem duração até o dia 8 de março.