Publicidade Topo

notícias

Policiais ambientais constatam corte de vegetação nativa em Prudentópolis

Área de um hectare foi danificada. Infrator recebeu multa de R$ 7 mil

Polícia Ambiental constatou corte de vegetação nativa em Prudentópolis. Foto: Polícia Ambiental 

Policiais ambientais constataram o corte de vegetação nativa em uma área de um hectare em Prudentópolis. A equipe vistoriou a propriedade após receber uma denúncia no 181 na quarta-feira, 3. A irregularidade rendeu uma multa ambiental ao infrator no valor de R$ 7 mil. 

No domingo, 28, a Polícia Ambiental concluiu as fiscalizações nos principais rios e represas da região durante o período de piracema, que iniciou no dia 1º de novembro de 2020. Em quase quatro meses de operação, as equipes apreenderam 29.530 metros de redes de malhas diversas, 490 quilos de peixes e 1.755 metros de espinhéis ou tarrafas. Um adolescente foi apreendido e 12 pessoas acabaram sendo presas. Durante a piracema, inúmeros peixes foram devolvidos aos rios. 

“Ressalta-se que, mesmo findado o período da Piracema, algumas regras sobre a prática da pesca precisam ser observadas, tanto para pescadores amadores como para profissionais. A Polícia Ambiental informa que todas as denúncias sobre crimes ambientais devem ser feitas através do telefone 181”, informa a 4ª Companhia da Polícia Ambiental, que tem sua sede em Guarapuava e atende 70 municípios da região. 

 Quer receber notícias locais?

Área de 1 hectare foi danificada em Prudentópolis. Foto: Polícia Ambiental 

Polícia Ambiental apreendeu 490 quilos de peixes durante a piracema durante fiscalizações em rios e represas da região. Foto: Polícia Ambiental 

Quase 30 mil metros de redes foram apreendidas. Foto: Polícia Ambiental

Foto: Polícia Ambiental

Foto: Polícia Ambiental