Publicidade Topo

notícias

Parque da Prainha registra mais um furto de fiação elétrica

800 metros de fiação elétrica foram levados do Parque neste início da semana. Esse foi o segundo furto registrado  no local somente em 2021

Imagem do lago do Parque da Prainha em Fernandes Pinheiro. Foto: Jussara Harmuch

Pela segunda vez em pouco mais de um mês, o Parque da Prainha de Fernandes Pinheiro foi alvo de furto. Ontem, 1º, o secretário Municipal de Meio Ambiente procurou o Destacamento da Polícia Militar para relatar que aproximadamente 800 metros de fiação elétrica foram levados do sistema de iluminação. O secretário foi orientado para procurar a Delegacia de Teixeira Soares para dar continuidade no Boletim de Ocorrência.

No fim de janeiro, funcionários da prefeitura já haviam constatado o furto de 600 metros de fios de cobre da pista de caminhada do Lago da Prainha. Um motorista do município compareceu no Destacamento da PM para registrar a ocorrência no dia 25 de janeiro. Nas duas situações, ninguém repassou características ou viu o momento que os autores dos furtos retiraram a fiação elétrica.

Em Rio Azul, algumas salas de aulas foram arrombadas em um colégio do município. A diretora procurou a PM, mas disse que nenhum objeto foi levado do local. A responsável relatou que o estabelecimento não possui câmeras de segurança. Já em Teixeira Soares, cinco baterias de 100 amperes e outros objetos foram furtados de uma fazenda, que fica localizada no quilômetro 9 da PR-438. O gerente afirmou que os funcionários encerraram as atividades no sábado, 27, e foram para suas casas. Ontem, 1º, ao retornarem na propriedade para iniciarem os trabalhos da semana, eles observaram que alguns objetos haviam sido furtados, entre eles cinco baterias, caixas com ferramentas, dois rádios e um módulo transformador. Os funcionários constataram que algumas máquinas estavam danificadas. O gerente da fazenda ainda disse que um pulverizador costal e um motor elétrico tinham sido furtados da propriedade há duas semanas.