notícias

Mulher tenta intimidar policiais com taco de sinuca

JARDIM DA PAZ

Situação foi registrada após motociclista não obedecer ordem de abordagem e sofrer uma queda

Foto: Divulgação PM

Uma mulher tentou intimidar policiais militares de Inácio Martins com um taco de sinuca na noite desta sexta-feira, 26. Durante patrulhamento pela Rua Visconde de Guarapuava, policiais avistaram uma motocicleta com escapamento aberto. Ao ser abordado, o motociclista fugiu. Após acompanhamento tático, o condutor sofreu uma queda no final da rua, abandonou a moto e fugiu por uma mata fechada. 

Ao retornar das buscas, os policiais encontraram duas mulheres, sendo que uma delas estava com um taco de sinuca e tentou intimidar e desacatar a equipe. Os policiais pediram para elas se retirarem, mas a ordem não foi obedecida. Por este motivo, elas foram encaminhadas para o Destacamento da PM, assim como a motocicleta, que tinha débitos na documentação.

Em outra situação, policiais abordaram outra motocicleta sem placa e com o escapamento aberto em Inácio Martins. Foi constatado que o condutor não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Em consulta ao sistema ainda foi verificado que a moto havia sido baixada pelo Detran de Santa Catarina. A moto foi recolhida ao pátio do destacamento e o motociclista foi liberado no local. 

Quer receber notícias locais?

Em Irati, uma residência foi alvo de furto na tarde de ontem, 26, na Rua Costa Rica, no bairro Engenheiro Gutierrez. Segundo a PM, a moradora informou que saiu de casa por volta das 6 h para levar sua filha ao médico. Quando retornou, por volta das 17 h, ela constatou que o vidro de uma das janelas havia sido quebrado. Os ladrões conseguiram abrir o cadeado e invadiram o imóvel, deixando todos os cômodos revirados. Os invasores furtaram roupas, perfumes, semi-joias, uma mochila camuflada, cosméticos, um celular, um tablet, cervejas, carne bovina e uma bicicleta.

Em outra ocorrência, uma mulher relatou à PM que possui uma medida protetiva contra seu filho, que seria usuário de entorpecentes. Enquanto ela estava trabalhando, o rapaz foi até sua residência, na Rua Tibagi, na Vila São João. Policiais estiveram no local e abordaram o rapaz em frente ao imóvel. Ele disse que tinha conhecimento da medida protetiva e que sua mãe havia autorizado o retorno dele para casa com a condição de que fizesse exames para se internar em uma clínica de reabilitação. A mulher confirmou as informações, mas disse que o filho não cumpriu o acordo. Mesmo assim, a mulher não quis representar à ocorrência. Pouco depois, um homem com mandado de prisão foi detido na Rua Luiz Carlos Gonçalves, na Vila São João. Ele foi encaminhado para a Delegacia. 

Em outra situação, a Guarda Municipal encontrou alguns cavalos soltos na Rua Trajano Gracia, na Vila São João. A equipe acionou o responsável pela captura dos animais. Quando ele estava fazendo o recolhimento, o proprietário chegou ao local. Ele foi notificado, teve os cavalos devolvidos e recebeu uma multa de R$ 975,36. Mais tarde, uma denúncia dava conta que duas pessoas embriagadas estavam na rodoviária perturbando o sossego de quem passava pelo local. Durante a abordagem, eles relataram que precisavam de ajuda. A Secretaria de Assistência Social se responsabilizou de ajudá-los. 

Além dos patrulhamentos diários, as equipes da Guarda Municipal continuam fiscalizando o cumprimento das medidas estabelecidas pelos decretos vigentes para conter o avanço da Covid-19 no município. As multas para quem for flagrado descumprindo as determinações são de R$ 812,80 para pessoas físicas e de R$ 2.438,40 para pessoas jurídicas.