Publicidade Topo

notícias

Mulher joga pedras na casa do cunhado

Morador disse que a cunhada já quebrou a porta de sua casa com chutes em outra oportunidade

Imagem do Destacamento da PM de Fernandes Pinheiro. Foto: Rádio Najuá

Uma mulher arremessou pedras na casa do cunhado em Fernandes Pinheiro. A situação foi registrada no domingo, 28. O homem disse que a situação ocorreu após um desentendimento entre ambos. Na ocasião, a mulher ameaçou o cunhado. O morador disse que a mulher já quebrou a porta da sua casa com chutes em outra oportunidade. O homem foi orientado sobre os procedimentos a serem adotados.

Em outra ocorrência em Fernandes Pinheiro, a Polícia Militar recebeu ligação anônima informando que dois bares estavam abertos na localidade de Angaí. Em verificação nos dois locais, os policiais constataram que um dos estabelecimentos estava fechado. Já no outro bar haviam três pessoas consumindo bebidas alcoólicas na frente do estabelecimento. O proprietário e os clientes foram orientados e advertidos. Com isso, o responsável fechou o estabelecimento e os fregueses se retiraram.

 Quer receber notícias locais?

Homem encontrado morto em Imbituva: Em Imbituva, um homem foi encontrado morto em sua residência na localidade de Restinga, no domingo, 28. Uma pessoa informou que encontrou o morador caído no chão de sua casa, que apresentava algumas manchas de sangue. A ambulância da secretaria de Saúde constatou o óbito. A situação foi repassada para a Polícia Civil de Irati. Como não havia indícios de crime, o corpo da vítima foi liberado aos familiares.

Em Rebouças, policiais militares receberam denúncias que um pesqueiro estava funcionando descumprindo o decreto estadual, que estabelece que somente serviços essenciais devem funcionar até o dia 8 de março como medida de prevenção ao coronavírus. O responsável acatou as orientações e encerrou as atividades no estabelecimento. Ainda em Rebouças, um jovem, de 25 anos, foi detido por desacato. Conforme informações recebidas pela PM, o homem estava promovendo desordem na Avenida Manoel Ribas, no bairro Alto da Glória. Ao ser abordado, o rapaz disse que não tinha medo dos policiais e passou a xingá-los. Por isso, ele foi conduzido até a Delegacia. Já na Vila São Antonio, duas pessoas, de 20 e 38 anos, tiveram um desentendimento. Ambos foram encaminhados para a sede do 2º Pelotão da PM para assinarem o Termo Circunstanciado.

Em Teixeira Soares, policiais e funcionários da Vigilância Sanitária constataram que estava ocorrendo uma festa com aproximadamente 15 pessoas em uma residência na rua Índios do Brasil, na Vila Nova, na tarde de ontem, 28. O responsável pela casa foi orientado para encerrar a festa como medida de prevenir o contágio de Covid-19. Já na Rua João Ribeiro de Macedo estava ocorrendo um churrasco com aglomeração e som alto. Policiais constataram a presença de oito pessoas na área externa do imóvel. Outras pessoas entraram na residência com a chegada dos policiais. De acordo com a PM, o proprietário da casa apresentava sinais de embriaguez e questionou a abordagem. O homem foi orientado sobre as medidas de prevenção ao coronavírus. Depois disso, ele decidiu encerrar a festa e dispersar as pessoas que estavam reunidas na residência.