Publicidade Topo

notícias

Mais três óbitos por coronavírus são registrados na área da 4ª Regional

Homem, de 60 anos, que estava internado no Pronto Atendimento de Imbituva morreu enquanto aguardava vaga para transferência

Paciente de Irati que faleceu estava internada no hospital de Laranjeiras do Sul. Foto: Divulgação

Mais três óbitos por coronavírus foram confirmados na área de abrangência da 4ª Regional de Saúde nesta sexta-feira, 19. Uma iratiense, de 58 anos, faleceu no hospital de Laranjeiras do Sul, onde estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde 28 de fevereiro.

Segundo o Departamento de Vigilância Epidemiológica, ela tinha comorbidades. Esse foi o 43º óbito por Covid-19 em Irati. Hoje, a cidade confirmou mais 12 moradores contaminados. Sendo assim, o município passou para 3.712 casos desde o início da pandemia. 3.530 pessoas já se recuperaram da doença. Vinte e cinco pacientes estão internados, sendo 17 em leitos de enfermaria e oito de UTI. 112 munícipes infectados estão em isolamento domiciliar e 69 aguardam resultado dos exames laboratoriais.

Até a manhã desta sexta-feira, 19, a secretaria de Saúde de Irati havia aplicado a primeira dose da vacina contra o coronavírus em 2.896 iratienses. Desse total, 1.585 foram aplicadas em idosos e pessoas institucionalizadas e 1.311 em trabalhadores de saúde. Até agora, 891 moradores já receberam duas doses da vacina. Vinte e nove pacientes estão internados na Santa Casa de Irati com Covid-19. São 11 pessoas na UTI Covid, 13 na enfermaria e cinco no Pronto Socorro. “Ainda permanecemos em alerta e pedindo para a população que mantenha os cuidados e que nos ajudem a amenizar esta situação. Não aglomerem, mantenham a higiene das mãos e o distanciamento social, o uso de máscaras e álcool gel e se puderem fiquem em casa. Com a colaboração de todos, podemos ajudar a diminuir o contágio”, solicita a direção da Santa Casa.


Em Imbituva, mais dois óbitos por coronavírus foram confirmados nesta sexta-feira, 19. Um homem, de 60 anos, faleceu na madrugada de hoje. Ele estava internado no Pronto Atendimento de Imbituva desde quarta-feira, 17, aguardando vaga para a transferência. A secretaria Municipal de Saúde também divulgou que recebeu a confirmação que a causa da morte de uma adolescente, de 17 anos, foi Covid-19. A jovem estava internada no hospital do Rocio, em Campo Largo, desde o dia 9 de janeiro e faleceu no dia 8 de março. Desde então, o óbito estava investigação pela Secretaria de Estado da Saúde (SESA). Atualmente, uma pessoa diagnosticada com coronavírus está aguardando vaga para ser transferida do Pronto Atendimento de Imbituva para um hospital de referência no tratamento da doença.

Nesta sexta-feira, 19, Imbituva registrou 22 novos casos de Covid-19 e 12 munícipes recuperados. No acumulado desde o início da pandemia, 51 imbituvenses faleceram em virtude da infecção. Onze pacientes contaminados estão internados e 100 permanecem em isolamento domiciliar. 98 moradores apresentaram sintomas e aguardam resultado dos exames. No total, 2.098 casos foram confirmados em Imbituva. 1.936 pessoas já se recuperaram. A secretaria de Saúde de Imbituva pede para a população seguir as medidas de prevenção como distanciamento social, pois a taxa de ocupação de leitos para atendimento de pacientes com Covid-19 continua acima de 90% no estado do Paraná.

Na semana que vem, a secretaria de Saúde de Imbituva seguirá a vacinação contra Covid-19. Será aplicada a primeira dose para idosos a partir de 75 anos. Já a segunda dose é destinada para pessoas na faixa etária de 80 a 84 anos. Na segunda-feira, 22, a imunização ocorrerá na Vila Zezo e Tangará (de manhã) e Lontrão (tarde). Na terça-feira, 23, as vacinas serão aplicadas nas unidades da Vila Nova e Restinga (manhã) e Palmar e Mato Branco (tarde). Quarta-feira, 24, a vacinação será realizada na Bela Vista, Ribeira e Apiaba de manhã. No período da tarde, o mesmo procedimento será realizado nas comunidades de Cachoeirinha, Cedro e Moquem. Já no centro da cidade, a imunização será feita no salão de reuniões na Unidade Kelly Cristina Moleta nos dias 22, 23 e 24, de segunda a quarta-feira. Os interessados em receber o imunizante devem comparecer com a carteirinha de vacinação, CPF e Cartão SUS. Idosos acamados ou impossibilitados de comparecer no local da aplicação da vacina devem entrar em contato com a unidade de saúde para agendar. A secretaria de Saúde lembra que a segunda dose da vacina será aplicada somente na data que está marcada na carteirinha de vacinação. O dia pode variar de pessoa para pessoa, pois depende qual tipo de vacina foi aplicada.