Publicidade Topo

notícias

Mãe e filho são baleados em Rebouças

Em outra ocorrência em Rebouças, homem agrediu o cunhado com um golpe de faca

Foto: Rádio Najuá/Arquivo

Mãe e filho foram baleados na Vila Ester, em Rebouças. A ocorrência foi registrada na rua José Luiz Pabis, no sábado, 13. Inicialmente, a Polícia Militar localizou um homem com duas perfurações no abdômen, que foram causadas por disparos de arma de fogo. A vítima recebeu atendimento da equipe do Bombeiro Comunitário. Pouco depois, a PM recebeu uma ligação informando que uma mulher também foi alvejada. Os policiais constataram que ela é mãe do homem baleado. 

Segundo informações obtidas pela PM, mãe e filho estavam juntos e correram em direções opostas. Os autores dos tiros estavam em uma moto escura. Policiais realizaram buscas, mas não conseguiram localizar os dois homens que estavam na motocicleta. Equipes da PM de municípios vizinhos foram avisadas sobre a possibilidade de fuga dos atiradores. Porém, ninguém foi encontrado. As duas vítimas foram encaminhadas para o hospital Dona Darcy Vargas pela ambulância da secretaria de Saúde. Posteriormente, mãe e filho foram transferidos para a Santa Casa de Irati em estado grave. 

Em outra ocorrência, um homem agrediu o cunhado com um golpe de faca na rua Armando Costa, em Rebouças, no sábado, 13. A esposa da vítima disse que seu irmão invadiu a residência e agrediu seu marido, que sofreu um corte no pé. O agressor foi localizado pela PM. Questionado sobre os motivos da agressão, o homem disse que estava nervoso por ter terminado a relação com a esposa e acabou descontando a raiva com seu cunhado. O agressor relatou que se arrependeu da atitude. Ele e o cunhado foram encaminhados para o hospital Dona Darcy Vargas para que fosse realizado o laudo de lesões corporais. Logo depois, ambos foram conduzidos para a Delegacia.

 Quer receber notícias locais?

Ainda em Rebouças, um homem foi preso por embriaguez ao volante na rua Ricardo Seidel. Policiais receberam denúncias que o condutor de um carro cinza estava realizando manobras bruscas. A equipe constatou que o Fiat Tipo estava transitando em alta velocidade. O motorista foi abordado no cruzamento com a rua Rui Barbosa. Foi constatado que ele não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Já o carro possuía débitos na documentação. Por isso, ele foi recolhido ao pátio do 2º Pelotão. O condutor realizou o teste do bafômetro com resultado de 0,73 mg/l de álcool no organismo. Em seguida, ele foi encaminhado para a Delegacia. 

Em Rio Azul, um homem agrediu seu tio em um estabelecimento comercial na rua Barão do Rio Branco. O sobrinho chegou no local perguntando sobre seu pai. Logo depois, ele passou a agredir o tio e ainda lhe ameaçou. Policiais realizaram buscas nas proximidades, mas não encontraram o agressor. 

Em Irati, um homem descumpriu uma medida protetiva de afastamento de sua cunhada. A situação foi registrada na manhã de sábado, 13, na Vila Rural. Na ocasião, a mulher estava na residência com os filhos no momento que o cunhado entrou no local aparentemente embriagado e agindo de forma agressiva. A PM conduziu o homem até a Delegacia. No início da madrugada de domingo, 14, um morador do Jardim das Américas relatou que o vizinho pulou o muro de sua casa e entrou no seu imóvel na rua Oswaldo Gotlieb Filho. Na sequência, ele deixou o local. O homem afirmou que não foi ameaçado e nem vítima de agressão. 

Também na madrugada de domingo, 14, uma mulher foi agredida pelo convivente na rua Venezuela. A vítima sofreu ferimentos no braço e no rosto. A moradora também disse que o homem colocou fogo em um sofá e abriu um botijão de gás com a intenção de incendiar a casa. O autor das agressões já havia deixado o local no momento da chegada da PM. Policiais realizaram buscas, mas não conseguiram encontrá-lo. A vítima e suas filhas foram levadas para outra residência.