Publicidade Topo

notícias

Homem agride namorada com socos e chutes

Agressor arrombou a porta da casa da vítima antes de atingi-la. Homem fugiu e não foi localizado pela PM

Foto: PM/Divulgação

Uma mulher foi agredida pelo namorado em Imbituva. Após uma discussão, a vítima entrou em sua casa e trancou a porta. Porém, o homem conseguiu arrombar a porta e atingiu socos e chutes na vítima. Depois disso, ele deixou o local. Policiais realizaram patrulhamentos, mas não encontraram o agressor. 

Ainda em Imbituva, uma motocicleta Honda CG 150 Titan foi furtada de uma residência na localidade de Palmar. O proprietário da moto disse que permaneceu ausente de sua casa entre às 19 h e às 20h20 no domingo, 7. Ao retornar no imóvel, ele constatou que a moto que estava na garagem de sua residência havia sido furtada. Conforme o morador, o autor do furto entrou na casa e pegou a chave da moto que estava pendurada na parede. Policiais militares foram acionados e realizaram patrulhamento nas proximidades. Porém, a moto não foi encontrada.

Em outra ocorrência, um homem estava acelerando sua moto com a finalidade de fazer barulho, pois havia alterado o seu escapamento. A situação foi registrada na Avenida Centenário, na tarde de ontem, 7. Foi constatado que o condutor não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Em consulta ao sistema foi verificado que a moto possui débitos pendentes. Por isso, a moto foi recolhida ao pátio do 3º Pelotão da PM.

 Quer receber notícias locais?

Também em Imbituva, uma mulher acionou a PM depois que seu ex-marido não entregou o filho no horário combinado. Por volta das 19h30 de domingo, 7, o homem pegou o filho de 1 ano e 2 meses e saiu com ele. De acordo com a moradora, ele se comprometeu de retornar para a casa cerca de 30 minutos depois. Como o homem não cumpriu o combinado, a mulher entrou em contato com os policiais por volta das 23 h. Conforme denúncia, o homem foi visto andando com a criança na Vila Brasil e na Vila Nova. Os policiais conseguiram abordar o rapaz. Com isso, a criança foi entregue para a mãe. Questionado sobre o motivo de ter cometido o ato, o jovem disse que a ex-mulher não deixa ele ver o filho. A PM orientou as partes envolvidas sobre o processo de guarda do filho.

Em Ivaí, uma mulher passou a agir de forma alterada após ser solicitada para colocar a máscara em uma empresa. Ela estava acompanhando o marido que realizava uma entrega no local com seu caminhão. Enquanto isso, ela estava aguardando na sala de espera. O proprietário da empresa teria orientado a mulher a colocar a máscara. Em resposta, a mulher bateu a porta da sala e empurrou o dono da empresa. Policiais realizaram buscas na área interna e na via pública, mas não encontraram a mulher. O marido dela, que estava descarregando o caminhão, afirmou que sua convivente faz usos de medicamentos controlados. Ele não soube dizer onde a esposa estava. Policiais realizaram buscas, mas não conseguiram localizá-la.