Publicidade Topo

notícias

Cassiano Tintas registra aumento nas vendas durante a pandemia

A loja está atendendo normalmente seguindo o Decreto Estadual e as medidas preventivas contra o coronavírus/Lenon Diego Gauron, com reportagem de Ademar Bettes e Tadeu Stefaniak

Cassiano Tintas fica na rua XV de Novembro, no centro de Irati. Foto: Divulgação
O município de Irati seguiu integralmente o decreto estadual que determinou a suspensão de atividades que não são consideradas essenciais para diminuir a circulação de pessoas e tentar evitar o contágio da Covid-19. Porém, existem 40 tipos de atividades que são elencadas como essenciais e podem funcionar normalmente nesse período. Esse é o caso do ramo industrial e de construção civil. A loja Cassiano Tintas se enquadra nesse tipo de atividade e continuou em funcionamento nesta semana.

Em entrevista à Najuá, o proprietário da Cassiano Tintas e Acessórios, Felipe Cassiano, contou como a loja está trabalhando em um momento em que as pessoas estão evitando sair de casa. De acordo com ele, mesmo com as restrições de circulação e o baixo fluxo de pessoas nas ruas, houve um aumento nas vendas nos últimos meses em relação aos anos anteriores à pandemia. 

Cassiano comenta que a loja está seguindo todas as medidas de proteção contra a transmissão do novo coronavírus desde o início da pandemia. “O decreto permite a todos os empreendimentos da linha de construção civil permanecerem em funcionamento. Então a gente, dentro dessa liberalidade no decreto, temos essa permissão das atividades normais, seguindo o padrão com as medidas protetivas que a gente já tem adotado desde o início da pandemia”, afirma.

De acordo com ele, mesmo com o baixo fluxo de pessoas, o atendimento na loja continua normal, pois eles trabalham também com vendas por telefone e delivery. “A gente está atendendo normal e continuamos também com a entrega para aqueles que não podem se deslocar até à loja, temos o atendimento pelo telefone também, então temos feito o atendimento dentro de uma certa normalidade, mesmo com a diminuição muito grande no fluxo de pessoas dentro da cidade, até devido aos demais comércios estarem fechados, porque muitas pessoas aproveitam para fazer as atividades tudo de uma vez só, principalmente quem é do interior”, relata Cassiano.

 Quer receber notícias locais?

O empresário comenta que em um ano de pandemia sentiu as vendas aumentarem. Ele acredita que isso se deve ao fato das restrições dos últimos meses que fez com que as pessoas ficassem mais em casa e sentissem a necessidade de fazer manutenções em suas residências. “A gente sentiu a mudança porque, como as pessoas ficaram em casa, muitas decidiram fazer uma reforma na casa ou em algum ambiente e sentimos que aumentou um pouco esse nicho de mercado. Por estarem um período maior de tempo em casa, eles sentiram também essa necessidade de dar uma melhorada na aparência da casa. E com isso, trouxe uma melhora para nós, em nosso segmento. Então, especificamente no nosso ramo, sentimos que houve uma melhora em relação aos anos anteriores”, comemora.

Segundo Cassiano, o estoque grande de mercadorias na loja vem garantindo a entrega normal aos clientes. “A gente procura trabalhar com estoque bastante grande na loja, então conseguimos atender ao nosso cliente mesmo tendo dificuldade em receber as mercadorias. Antes da pandemia, a gente tinha a entrega, por parte da fábrica, com mais agilidade. No último ano, a fábrica diminuiu dois períodos de produção dela, diminuindo muito a produção da fábrica, baixando o estoque e, consequentemente, a entrega da empresa para os revendedores. Nós, desde o início da pandemia, procuramos ter um estoque bastante grande dentro da loja para evitar esse problema com o nosso cliente”, destaca.

O empresário também falou sobre o período em que esteve isolado de suas atividades por conta do coronavírus. Segundo ele, a doença o atingiu de forma leve e com poucos sintomas. “Eu tive muita dor de cabeça em um sábado à tarde e no domingo eu não estava nada bem, estava com uma fraqueza muito grande, com dor no corpo e então eu já imaginei que poderia estar contaminado. Os sintomas não foram tão intensos para mim. A gente recebe a notícia, fica de certa forma preocupado, mas como eu não estava me sentindo tal mal, a preocupação não foi tão grande”, relata.

A Cassiano Tintas e Acessórios está localizada na Rua XV de Novembro, 941, Centro. Televendas: (42) 3422-3654.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação