Publicidade Topo

notícias

33 pessoas são multadas durante operação em Rebouças

Policiais militares, Conselho Tutelar, Vigilância Sanitária, Defesa Civil, fiscais de tributação e o juiz da Comarca de Rebouças participaram das ações de fiscalização em estabelecimentos comerciais

Operação de fiscalização em estabelecimentos comerciais de Rebouças aconteceu na noite de sexta-feira, 12. Foto: PM/Divulgação

A Polícia Militar de Rebouças realizou a operação chamada de Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) com abordagens em estabelecimentos comerciais para verificação dos decretos estaduais, que estabelecem medidas de combate ao coronavírus, na noite de sexta-feira, 12. Policiais de Rebouças, Rio Azul, Conselho Tutelar, Vigilância Sanitária, Defesa Civil, fiscais de tributação e o juiz da Comarca de Rebouças, James Bordignon, participaram das ações de fiscalização. Ao todo, dez estabelecimentos foram fiscalizados, sendo três autuados. 33 pessoas foram multadas, 20 orientadas e um homem assinou Termo Circunstanciado.

Ainda em Rebouças, a PM também cumpriu um mandado de prisão contra um homem, de 27 anos, por inadimplência alimentar (não pagamento de pensão). O mandado havia sido expedido pela Comarca de Cascavel. O homem detido foi levado para a Delegacia de Rebouças.

Em outra situação, uma jovem, de 22 anos, foi agredida pelo convivente com chutes e socos. Além disso, o homem tentou sufocar a mulher trancando suas vias aéreas. A vítima conseguiu escapar e foi até o Destacamento da PM acompanhada do filho, de 6 anos, na tarde de ontem. A moradora relatou que seu companheiro armazena drogas na residência, como crack e cocaína. Segundo ela, o marido vende entorpecentes. Em razão desse fato, o fluxo de usuários é constante na residência. A mulher ainda afirmou que o marido costuma trancá-la no quarto, onde fica algumas horas sem água e comida. O Conselho Tutelar ficou responsável pela guarda da criança. Policiais foram até o imóvel do casal com objetivo de localizar o agressor e auxiliar a mulher na retirada dos seus objetos pessoais, pois ela tinha interesse de retornar para sua cidade de origem. O homem não foi localizado. 

Em um passeio público em frente à casa foi encontrada uma menina, de 6 anos, que é irmã do morador. Ela estava sozinha no local e também foi entregue aos cuidados do Conselho Tutelar. A jovem agredida disse que não tem familiares em Rebouças e também não possuía condições financeiras de realizar o pagamento do transporte para retornar ao seu munícipio. Sendo assim, a equipe da Assistência Social de Rebouças ficou responsável em adotar as medidas necessárias para realizar a locomoção da mulher.

 Quer receber notícias locais?

Em Imbituva, um homem foi atingido com disparos de arma de fogo na Vila Rubinho, no fim da noite de ontem, 12. A vítima foi encaminhada para o Pronto Atendimento Municipal. Lá, o homem baleado conversou com a Polícia Militar, mas se negou a repassar informações sobre o que havia ocorrido.  Policiais foram informados que a vítima estava em sua casa quando alguns amigos o chamaram para beber. Eles se reuniram em um imóvel em construção. Em um determinado momento chegou no local um veículo com quatro pessoas. Um dos ocupantes desceu e efetuou vários disparos. Três tiros acertaram as pernas da vítima na região da panturrilha. Logo após, o carro deixou o local. Policiais realizaram buscas, mas não conseguiram encontrar os ocupantes do veículo.

Já na noite de ontem, 12, a PM prendeu um homem na localidade de Nova Esperança, em Imbituva. Durante abordagem foi constatado que ele tinha um mandado de prisão em aberto. Por isso, ele foi detido e conduzido para a 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa.