Publicidade Topo

notícias

Polícia Ambiental apreende mais de 1.500 metros de redes

Policiais também encontraram 44 quilos de peixes em uma residência. Homem foi detido e recebeu multa

Redes usadas para captura de peixes foram apreendidas. Foto: Polícia Ambiental

A Polícia Ambiental apreendeu 1.580 metros de redes usadas para pesca predatória no Alagado da Usina Hidrelétrica Salto Santiago, em Candói, na sexta-feira, 26. Os policiais encontraram 44 quilos de peixes, como lambari, traíra, tilápia e cascudo, que estavam em uma residência nas proximidades do local da apreensão das redes. Um homem foi detido e recebeu uma multa de R$ 1.580. Ele foi conduzido para a Delegacia de Guarapuava, assim como as redes e peixes apreendidos. 

Já em Guarapuava, policiais ambientais constataram que 16 pássaros silvestres, entre eles trinca ferro, pintassilgo e canário da terra estavam sendo mantidos em cativeiro numa residência. A denúncia informando sobre o fato foi feita no telefone 181. O responsável pelo imóvel responderá a um Termo Circunstanciado. Ele recebeu uma multa ambiental de R$ 8 mil. Já os pássaros foram soltos em virtude de ter sido caracterizada a captura recente. A Polícia Ambiental também apreendeu 16 gaiolas e um alçapão. Denúncias de crimes ambientais podem ser realizadas no telefone 181. 


16 gaiolas com pássaros foram apreendidas em Guarapuava. Foto: Polícia Ambiental