Publicidade Topo

notícias

Menino de 7 anos pula janela da casa para escapar do pai que agia de forma agressiva

Mulher também saiu da residência para não ser agredida. Vítima disse que homem já ameaçou matá-la e atear fogo na casa

Foto: PM/Divulgação

Um menino, de 7 anos, precisou pular a janela da casa para escapar do pai que estava agindo de forma agressiva. A esposa dele também saiu da residência levando sua filha de colo, pois temia pela sua integridade física em função do marido estar embriagado e alterado.

O irmão da moradora foi quem acionou a Polícia Militar. Ele disse que o cunhado estava ameaçando as pessoas presentes no local, além de ter empurrado sua irmã. Em virtude do fato, a mulher correu para a rua com os filhos. A ocorrência foi registrada ontem, 15, na localidade de Pinho de Cima. A moradora conversou com os policiais na estrada da comunidade. Ela confirmou que o marido estava agindo com agressividade e que um dos filhos pulou a janela da casa. Depois disso, o garoto foi para a casa da avó. A vítima disse que é ameaçada com frequência e que ontem foi empurrada da escada. O homem ainda ameaçou matá-la. A mulher possuía medidas protetivas contra o marido. Porém, ela decidiu retirá-las em função das ameaças de morte e também após o homem dizer que ia atear fogo na casa. A PM foi até a residência do casal e conseguiu localizar o autor das ameaças. Ele foi detido e conduzido para a Delegacia.

Já em Fernandes Pinheiro, uma moto e alguns objetos foram furtados de uma residência. Uma mulher relatou que foi até a casa de sua irmã e percebeu que a porta de entrada estava aberta. Ela também disse que a irmã viajou para Ponta Grossa e ficou responsável pelo imóvel. A mulher constatou que a corrente que fica na fechadura da portava estava arrebentada. Uma moto, um botijão de gás, um receptor de TV e um roteador foram furtados da residência. A irmã da proprietária da casa não soube informar a marca, modelo e placa da moto. A mulher disse que esteve no imóvel no fim da noite de domingo, 14, mas não constatou nenhuma anormalidade. Ela acredita que o furto tenha ocorrido na madrugada de segunda-feira, 15. Policiais realizaram buscas em uma mata nas proximidades da residência, mas não encontraram vestígios do local onde os autores do furto se deslocaram.

Quer receber notícias locais?