Publicidade Topo

notícias

Irati oferta 30 bolsas de estudos para curso de gestão de pequenos negócios e serviços

Inscrições estão abertas até o dia 12 de março. Aulas remotas iniciam no dia 22 de março/Karin Franco, com reportagem de Paulo Sava e Rodrigo Zub

Foto: Divulgação

Estão abertas as inscrições para o curso de gestão de pequenos negócios e serviços realizado pelo SENAC de Irati, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Irati e a Sala do Empreendedor. O curso oferece 30 bolsas de estudo para quem deseja se aprimorar profissionalmente. O público-alvo são pessoas que são microempreendedoras individuais (MEI), prestadoras de serviço ou que desejam tem mais conhecimento sobre a área. “Um curso de gestão de pequenos negócios em comércio e serviços abrange uma área no todo. Esse curso é muito rico para a nossa população. Quem já tem o seu pequeno negócio, quem presta serviços ou quem pretende trabalhar com isso mais tarde”, explica a coordenadora da Sala do Empreendedor de Irati, Sabrina Sidres. 

O curso terá início no dia 22 de março, terminando no dia 13 de abril, com uma carga horária de 40 horas. As aulas serão realizadas de forma remota, de segunda a quinta-feira, semanalmente, das 19 às 22h. É preciso que o aluno tenha acesso a um computador ou celular, com internet. “Lembrando que ele vai ter um instrutor do curso, que vai estar repassando o conteúdo, mas que vai estar ali para esclarecer dúvidas. Tudo que a pessoa tiver no aprendizado diário, no dia do curso, ele vai estar podendo esclarecer as dúvidas no próprio dia”, conta a coordenadora. 

Quer receber notícias locais?

As inscrições terminam no dia 12 de março e são realizadas de forma on-line no site https://www.pr.senac.br/cursos/?uep=17&tc=202100012. São 30 vagas gratuitas. O critério de seleção é a ordem das inscrições. Até esta quarta-feira (24), dez vagas já haviam sido preenchidas. Na inscrição, o aluno preencherá com os seus dados e posteriormente levará os documentos para o SENAC de Irati. A idade mínima para participar do curso é de 16 anos.

Quem deseja mais informações pode entrar em contato com a Sala do Empreendedor, que fica na rua Liberdade, 740, no centro de Irati, entre o Polonês e o ginásio de esportes Agostinho Zarpellon Junior (Batatão), ou ligar para o número (42) 3907-3341. Dúvidas também podem ser tiradas no SENAC de Irati, localizado na Avenida Vicente Machado, número 24. 

Crescimento de MEIs: No ano passado, a Sala do Empreendedor de Irati realizou o recadastramento dos microempreendedores individuais (MEI). Segundo Sabrina, a procura foi significativa. “Tanto as pessoas que tinham MEIs, que fizeram abertura, que não sabiam como estavam sua situação, vieram até nós para saber. Muita abertura, muita gente esclarecendo dúvidas, porque o MEI em si dá o suporte total para as pessoas que tem interesse em ter o seu negócio ou prestar serviços”, disse.

A coordenadora destacou o aumento no número de pessoas que abriram novos negócios. “Até mesmo em aberturas, que a pessoas não sabiam como funcionava para estar tirando suas parcelas, seus boletos, para estarem emitindo suas notas fiscais. O MEI dá todo esse suporte para as pessoas que tem interesse”, conta. 

Sabrina explica que a abertura de um MEI é fácil e dá muitos benefícios aos futuros microempreendedores. “Se eu presto um serviço para alguém eu posso estar trabalhando formalmente, estar emitindo nota fiscal. Ou se eu tenho um ganho extra, faço alguma coisa em casa e pretendo vender, a pessoa vê que a abertura do MEI, ele tem as suas vantagens e seus benefícios. Vai estar contribuindo para sua futura aposentadoria e a pessoa estará trabalhando formalmente. Sabemos que nos dias que nós vivemos de pandemia, isso é muito importante, até na questão do desemprego”, conta. 

A Sala do Empreendedor de Irati dá suporte orientando os MEIs sobre os pagamentos mensais, emissão de notas fiscais e declarações anuais. “Nós estamos no tempo da declaração. É abertura de declarações agora que os MEIs têm que vir declarar o ano que passou. Nós temos um prazo. Então, estamos sempre conversando com as pessoas”, disse.