Publicidade Topo

notícias

Homem é atingido com golpes de facão em Rebouças

Homem foi agredido em bar. Mulher da vítima tomou facão do agressor e jogou em um lago

Foto: PM/Divulgação

Um homem foi agredido com golpes de faca em um bar de Rebouças no domingo, 14. A vítima afirmou que por motivos desconhecidos, uma pessoa pegou um facão que estava em sua moto e passou a agredi-lo. A esposa da vítima conseguiu tomar o facão do agressor e jogou dentro de um lago. O homem agredido sofreu alguns ferimentos no corpo e um corte no lado direito do rosto. Ele foi encaminhado para o hospital Dona Darcy Vargas. Já o agressor não foi encontrado.

Em outra ocorrência em Rebouças, o proprietário de um bar disse que foi ameaçado por uma pessoa que chegou no local. O dono do estabelecimento e alguns frequentadores conseguiram tomar uma faca que o autor da ameaça carregava. O objeto foi entregue para a Polícia Militar. Policiais realizaram patrulhamentos e buscas, mas não encontraram o homem.

Também em Rebouças, policiais abordaram o motorista de um Citroen C3 que não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O veículo estava transitando com som alto na área central. Uma equipe da PM tentou abordar o carro, mas o condutor não obedeceu a ordem de parada e seguiu por algumas ruas da cidade. Durante o trajeto, o motorista realizou algumas manobras perigosas. Ele foi abordado na rua Antônio Fabris quando estava entrando em uma residência. O carro foi recolhido ao pátio do 2º Pelotão. Já o condutor foi liberado.

Quer receber notícias locais?

Em outra situação, uma mulher foi agredida com golpes de faca. Próximo do local onde ela foi encontrada caída, a PM abordou uma mulher que estava suja de barro e com as roupas rasgadas. Ela confessou que brigou com a mulher que estava caída. A vítima foi encaminhada para o hospital Dona Darcy Vargas. Durante buscas, policiais encontraram outra mulher nos fundos do mesmo lote onde ocorreu a briga. Ela disse que estava passeando na casa de uma amiga com sua filha. Em um determinado momento, vizinhos informaram que a residência dela tinha sido invadida por uma mulher, que passou a danificar móveis e eletrodomésticos. Por isso, mãe e filha retornaram para a casa. A moradora disse que tentou intervir no conflito entre sua filha e a invasora. Porém, a jovem acertou alguns golpes de faca na mulher que havia entrado na residência. A autora das agressões mostrou o local onde havia escondido a faca. Ela e sua mãe foram conduzidas para a Delegacia de Rebouças.

Em Imbituva, um homem com mandado de prisão em aberto por roubo foi detido pela PM no domingo, 14. Os policiais foram informados que ele estava brigando com alguns moradores na rua Pedro Terceiro Cavassim. Durante consulta no sistema foi constatado que o homem abordado possuía o mandado de prisão em aberto. Ele realizou o laudo de lesões corporais no Pronto Atendimento de Imbituva e foi encaminhado para a 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa.

Em Ivaí, uma situação de perturbação de sossego foi registrada. Conforme denúncia, funcionários de uma empresa estavam com o som alto desde às 9 h de ontem, 14. Os policiais que atenderam à ocorrência pararam uma quadra antes da empresa e constataram o som alto. A PM apreendeu o aparelho de som e encaminhou o responsável para o Destacamento. Lá, ele assinou Termo Circunstanciado por perturbação do sossego. Em Guamiranga, uma pessoa foi notificada por descumprir as medidas de combate ao coronavírus. Aproximadamente 50 pessoas estavam em uma propriedade na localidade de Boa Vista. Em função da aglomeração, o responsável pelo local foi notificado.

Já em Ipiranga, policiais abordaram um adolescente que conduzia uma moto CG Honda 125 na noite de ontem, 14. Por ser menor de idade, o rapaz não possuía habilitação. A moto apresentava débitos no pagamento do licenciamento. Por isso, ela foi recolhida ao pátio do Destacamento da PM. O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar o adolescente durante sua condução até o Destacamento. Ele foi orientado para comparecer na Delegacia prestar esclarecimentos quanto a condução da moto.

Em Rio Azul, uma mulher relatou que foi agredida pelo convivente com um soco no rosto. O fato ocorreu na residência do casal, que fica na rua Adelermo Camargo. Ao ser questionado pelos policiais, o homem disse que teve um desentendimento com a esposa, mas negou a agressão. A mulher optou em decidir posteriormente se vai representar contra o convivente. Ela solicitou apenas que o homem deixasse a residência. Ele acatou o pedido e deixou o local para evitar novas brigas.