notícias

Grupo decide não realizar apresentação do Teatro da Paixão em Irati

Com a pandemia ainda ocorrendo, o grupo de teatro São Francisco de Assis decidiu suspender por mais um ano a apresentação do Teatro da Paixão em Irati. Espetáculos devem ser retomados em 2022, mas uma exibição no cinema está sendo planejada para este ano

Ultima apresentação do teatro da paixão aconteceu em 2019 no estádio Municipal Abrahm Nagib Nejm, em Irati. Foto: Site Teatro da Paixão de Cristo Irati

O grupo de teatro São Francisco de Assis não vai apresentar o tradicional espetáculo da Paixão de Cristo, em Irati, neste ano. Em 2020, a apresentação foi exibida apenas nas redes sociais por causa da pandemia de coronavírus. Neste ano, uma exibição no cinema está sendo planejada para marcar o 25º ano de apresentação do espetáculo.

Segundo o presidente do grupo, Vanderlei Kawa, a decisão de suspender a apresentação ao vivo aconteceu devido à pandemia. O espetáculo envolve muitas pessoas, que são inclusive dos grupos de risco, e seria difícil realizar o espetáculo de forma segura. “Cada departamento do teatro tem de 30, 50, 60 pessoas. Nesse contato, tem pessoas de idade. Vimos muito bem, a vacina está saindo, mas até quando vamos ter essa certeza de estarmos imunes a esse vírus”, explica Vanderlei. 

Por causa da comemoração do 25º ano de apresentação do espetáculo, o grupo tem planejado fazer uma exibição no cinema para a Semana Santa. O evento ainda não está confirmado, mas a intenção é exibir a filmagem de 2019 para um número limitado de pessoas, já que o cinema pode operar apenas com 30% de sua ocupação. A exibição está sendo negociada para ser feita no Cinema.com, em Irati, com cobrança de ingresso, que será revertido para o cinema. Para Vanderlei, essa será uma forma de gerar renda para esse setor que também foi afetado pela pandemia. “Essas pessoas na área da cultura e do lazer tem dificuldade de arrecadação, com essa dificuldade com a pandemia mundial”, disse. 

Quer receber notícias locais?

Com a pausa da apresentação, o grupo começa a planejar o espetáculo para o próximo ano. O grupo já conseguiu reunir recursos para o próximo ano com R$ 3 mil obtidos pela Lei Aldir Blanc e ainda R$ 1 mil de patrocínios e doações. “Os recursos estão todo na conta da capela São Francisco, no qual vamos abrir um saldo que temos dos patrocínios. Eu como presidente e também o Gilbrás que é nosso tesoureiro vamos cuidar desses recursos, desses investimentos para o próximo ano de 2022 estar investindo”, conta o presidente do grupo. 

Enquanto isso, a comunidade franciscana também se prepara para comemorar os 40 anos da capela São Francisco. Os eventos estão programados para acontecer em outubro, com as medidas de segurança e limitação de público. 

A programação deve começar no dia 1º de outubro com uma novena e no dia 10 de outubro acontecerá a tradicional celebração, seguida de almoço. O almoço de 2020 não pode ser realizado e quem adquiriu alguma ficha poderá utilizá-la neste ano. “No dia 10 é um almoço que a gente vai, para aqueles que adquiriram o cartão, foi transferido para essa data”, disse Vanderlei. 

Haverá também novas fichas para este ano, mas que serão vendidos em número limitado. A rifa que é feita no evento também deverá ser feita neste ano.