Publicidade Topo

notícias

Funcionários de estabelecimentos comerciais recebem notas falsas de R$ 200

Nas duas ocorrências, homem fez compra de pequeno valor e pagou com nota falsa de R$ 200. Policiais realizaram buscas, mas não conseguiram encontrar o autor dos crimes

Foto: Divulgação

Funcionários de dois estabelecimentos de Rebouças receberam notas falsas na quinta-feira, 25. A primeira ocorrência foi registrada em uma loja na rua Alexandre Skrovonski. Um homem fez uma compra de pequeno valor e realizou o pagamento com uma nota de R$ 200. Após o cliente deixar o local, a funcionária constatou que a cédula era falsa. Policiais averiguaram as imagens das câmeras de monitoramento e identificaram as características físicas e cor das roupas usadas pelo homem que repassou a nota falsa. A equipe realizou buscas, mas não encontrou o suspeito. Já a cédula foi apreendida e encaminhada para a Delegacia.

Pouco tempo depois, o dono de outro estabelecimento relatou que aconteceu o mesmo tipo de situação na Avenida Manoel Ribas, em Rebouças. Um homem de aproximadamente 45 anos comprou um objeto de pequeno valor e fez o pagamento com uma nota de R$ 200. O dono do estabelecimento analisou a cédula e constatou que ela era falsa. Da mesma forma que na ocorrência anterior, policiais realizaram buscas no sistema interno para identificar o autor do furto. Porém, o homem não foi encontrado. A cédula falsa foi apreendida e encaminhada para a Delegacia. A Polícia Civil vai investigar se o mesmo homem praticou os crimes. 

Em Irati, duas árvores nativas foram cortadas sem autorização de uma propriedade na rua Pedro Choma, no bairro Alto da Glória II, na tarde de ontem, 25. O proprietário do local acionou a PM. Uma equipe realizou buscas na mata e conseguiu localizar um jovem, de 21 anos, que estava carregando uma motosserra. Ele foi detido e conduzido para a Delegacia.  

Quer receber notícias locais?

Em Ipiranga, um homem furtou uma moto após pedir para dar uma volta com ela para experimentá-la. Um adolescente relatou a PM que anunciou à venda de uma moto Honda CG 160 na internet. Ontem, 25, o vendedor e o comprador combinaram um local para concretizar a negociação. Lá, o homem interessado na moto pediu para experimentá-la. No entanto, ele saiu do local e não retornou para devolver a moto.

Já em Imbituva, uma mulher foi agredida e vítima de estupro na tarde de quinta-feira, 25.  A vítima relatou que se deslocava sentido Imbituva no momento que um homem parou seu veículo Ford Pampa. Ele obrigou a mulher a entrar no carro. Como ela não atendeu sua solicitação, o homem passou a agredi-la fisicamente. Já desacordada, a vítima foi levada para uma mata na localidade de Mato Branco. Nesse local, ela foi novamente agredida e violentada sexualmente. Após o fato, o homem deixou o local de carro. Policiais realizaram buscas na região, mas não encontraram a Pampa e nem o autor do crime. A vítima recebeu atendimento médico e permaneceu em observação em função da gravidade dos seus ferimentos.