notícias

Derbli reassume Executivo após encerrar licença para tratamento da Covid-19

Prefeito chegou a ficar internado 15 dias em dezembro por complicações da infecção. Município foi comandado pela vice-prefeita Ieda Waydzik no mês de janeiro

Prefeito Jorge Derbli assinando termo de posse durante cerimônia de transmissão do cargo na terça-feira, 2. Foto: SECOM

Eleito para o seu segundo mandato na prefeitura de Irati com 14.975 votos (46,28%) nas eleições de 2020, o prefeito Jorge Derbli retornou ao comando do Executivo a partir desta quarta-feira, 3. Ele estava afastado do cargo desde meados do mês de dezembro após ser diagnosticado com coronavírus. Em janeiro, a vice-prefeita Ieda Waydzik desempenhou a função de Derbli, que se licenciou para concluir sua recuperação. 

A solenidade de transmissão de cargo aconteceu na terça-feira, 2, no Salão Nobre da Prefeitura. Na ocasião, o prefeito destacou que uma de suas metas na nova gestão municipal será melhorar as condições das estradas rurais. “Tem muita coisa que a gente tinha vontade de fazer e não concluiu. A prioridade que eu já trabalhei no ano passado, mas eu quero dobrar o efetivo para fazer esse ano, que foi um compromisso meu na primeira campanha, quando eu fui eleito, é as estradas rurais. Quero deixar Irati, ao final dos quatro anos, com as melhores estradas rurais da região com pontes de concreto, cascalhamento, enfim, que tenha acesso fácil a todos os agricultores. Esse é uma das prioridades que no primeiro mandato eu não conseguir fazer por questões administrativas, compras de equipamentos, são vários problemas, no segundo mandato são coisas que queremos fazer. Outra prioridade é a saúde no combate da Covid”, relatou Derbli durante entrevista ao diretor do jornal Hoje Centro-Sul, Ciro Ivatiuk.

Durante a cerimônia, o prefeito também falou sobre a chegada da vacina contra o coronavírus e da geração de empregos. "Temos muito trabalho a se fazer, atitudes com relação ao Covid-19, obras para terminar e muitas para iniciar. A prioridade do nosso governo será a saúde, e também a situação dos empregos que tende a melhorar com a chegada da vacina, permitindo que as indústrias e comércios tenham um crescimento natural. Há também o desafio do retorno das aulas e do transporte escolar agora esse mês", ressaltou.

Quer receber notícias locais?

Derbli ainda relatou que nos próximos dias vai anunciar o secretariado. "Vamos anunciar nos próximos dias a totalidade dos secretários, visto que alguns já foram nomeados e outros ainda não. Também teremos muitas mudanças no nosso secretariado. Mas nós queremos fazer um bom trabalho", afirmou. O prefeito também disse que algumas obras estão em andamento e outras devem iniciar em breve. "Há muitos projetos, muitos compromissos. Estamos preparados e junto com a Câmara como parceira, que sempre nos ajudou. Vamos dar as mãos e fazer a nossa cidade crescer cada vez mais".

Já Ieda agradeceu os servidores pelo trabalho realizado no período que comandou a prefeitura. "Foi muito importante para mim como pessoa ter vivido essa experiência, mas, mais importante ainda é a volta do prefeito Jorge Derbli, pois Irati precisa da sua liderança e assim continuaremos trabalhando firmes", disse Ieda, que finalizou o período como prefeita interina utilizando a Tribuna Popular da Câmara na noite de terça-feira, 2, durante a sessão que abriu os trabalhos do legislativo em 2021. Atendendo convite do presidente da Casa, Hélio de Mello (PV), a vice-prefeita falou sobre as ações realizadas no comando do Executivo. 

Derbli foi diagnosticado com a doença em dezembro e chegou a ficar internado na Santa Casa de Irati em função de comprometimento em seu pulmão. No dia 9 de dezembro, o prefeito havia apresentado um quadro de tosse. Já no dia seguinte, teve febre e imediatamente realizou um teste rápido, que confirmou a contaminação.

Derbli, sua esposa Maria de Fátima e o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Wilson Pedroso (Buzina), foram internados na Santa Casa de Irati no dia 16 de dezembro em virtude de complicações causadas pelo novo coronavírus. O primeiro que recebeu alta foi o secretário, que permaneceu dez dias internado e passou o Natal com a família. Já o prefeito e a primeira dama receberam alta no dia 31 de dezembro. Em recuperação pela Covid, Derbli tomou posse de forma remota. Na ocasião, ele estava emocionado e ainda falou fazendo uso de máscara de oxigênio. O prefeito agradeceu a família e equipe de trabalho, pelo apoio que recebeu nos 15 dias de internamento. 

Ao ser questionado sobre o seu atual estado de saúde após o período de licença, Derbli considera que está praticamente recuperado apesar de ter algumas sequelas. “Eu continuo ofegante, isso vai alguns meses para voltar ao normal, eu diria que não tem problema mais. Daqui pra frente o que tiver vamos enfrentar com mais força e garra. Eu diria que estou uns 95% recuperado, porque vai mais uns meses para recuperar totalmente. Alguma sequela ainda fica mais a gente vai recuperando e melhorando". 

Nas eleições de 15 de novembro, Jorge Derbli venceu a disputa contra sete candidatos e foi reeleito para comandar a prefeitura de Irati. Os demais postulantes ao cargo foram Emiliano Gomes (PSD), Professor João Dremiski (PC do B), Josué Hilgemberg (MDB), Marcos Antonio Gonçalves (Avante), Osvaldo Zaboroski (PT), Rafaela Ferencz (PDT) e Ico Ruva (PSL).