Publicidade Topo

notícias

Celebrações religiosas devem respeitar capacidade máxima de 15%, conforme decreto estadual

Saiba como ficam as celebrações das missas nas paróquias de Irati/Paulo Sava

Imagem de celebração com o padre Jorge Jorge Casimirski na Paróquia Nossa Senhora da Luz. Foto: Divulgação

O bispo diocesano de Ponta Grossa, Dom Sérgio Arthur Braschi alertou para a necessidade de que as paróquias observem a ocupação máxima de 15% de sua capacidade durante as celebrações, de acordo com o que estabelece a resolução 221/2021, da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), como medida de prevenção, monitoramento e controle da Covid-19. O documento foi publicado na tarde de ontem, 26. “Deve ser calculada a possibilidade das igrejas, e, considerar se não é melhor fazer apenas a transmissão online das celebrações, deste final de semana, dia 28 de fevereiro, e do próximo, 7 de março. Até o dia 8 de março essas normas persistem, até se ter uma melhora na situação, que é gravíssima. Veremos depois se haverá alguma alteração”, orienta Dom Sergio.

Em Irati, as paróquias Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e Nossa Senhora da Luz optaram por realizar as celebrações sem a presença de fiéis nos próximos dias. A Paróquia Perpétuo Socorro terá apenas a missa das 8 h nos dois próximos domingos, amanhã, dia 28 de fevereiro, e no dia 7 de março, com transmissão no Facebook da paróquia e na rádio Najuá FM 106, 9. Na quarta-feira, 3, haverá a missa e novena somente às 19 h. Já a Igreja Matriz Nossa Senhora da Luz terá apenas a missa das 10 h no domingo, com transmissão da Super Najuá 92,5, pela web rádio Nossa Senhora da Luz e pelos canais da paróquia no Facebook e no Youtube. 

Quer receber notícias locais?

A Paróquia São Miguel também fará as celebrações sem a presença dos fiéis, com transmissão pelo Facebook da igreja. Neste sábado, 27, às 19 h, está programada a missa de posse do novo pároco, Padre Sandro Brandt. Já a Paróquia São João Batista, na Vila São João, decidiu suspender todas as celebrações até o fim do decreto. 

O bispo dá um exemplo, citando que, em uma igreja com capacidade de 200 pessoas, será permitida a entrada de somente 30, incluindo o padre, ministros, cantores e equipe de liturgia. Diversas crismas foram canceladas e outras celebrações serão remanejadas. “Em sinal de solidariedade com todos os paranaenses que estão neste momento hospitalizados, famílias sofrendo, e, também, sinalizando a toda a sociedade a seriedade do momento grave que vivemos, a Igreja Católica aconselha às paróquias a permanecerem fechadas e fazerem as celebrações apenas online, nesses próximos fins de semana”, enfatiza Dom Sergio.