Publicidade Topo

notícias

Adolescente atinge pedrada no cunhado e ameaça agredir pai e irmã com facão

Cunhado chegou a acertar um soco no rosto do jovem para se defender. Porém, ele revidou jogando uma pedra na testa do cunhado

Imagem mostra área central de Teixeira Soares. Foto: Jussara Harmuch

Um adolescente, de 17 anos, atingiu uma pedrada no cunhado e ameaçou agredir o pai e a irmã com um facão. A situação foi registrada no fim da noite de ontem, 16, na rua Projetada A, no bairro Cohapar, em Teixeira Soares. Uma moradora que acionou a PM disse que seu vizinho estava alterado. Ele portava um facão e havia ameaçado agredir o pai e a irmã, que foi até a casa da vizinha solicitando que ela chamasse a PM. Os policiais foram até o local e encontraram o adolescente. Foi necessário uso de algemas para contê-lo. O facão utilizado pelo menor foi apreendido. 

A irmã disse que o rapaz chegou alterado na casa do seu pai e pediu dinheiro. Depois que ele negou entregar a quantia solicitada, o menor passou a revirar alguns móveis da residência e pegou um facão. Ele atingiu um golpe no braço do pai. Em seguida, o adolescente ainda tentou atingir um golpe de facão na cabeça do pai. Logo depois, ele discutiu com outra irmã e falou que ia matar ela e o seu filho. A jovem ameaçada foi até a casa de sua irmã mais velha para pedir socorro. O rapaz passou em frente ao local com o facão na mão dizendo que ia matar todos que residem no imóvel. Em seguida, o menor atingiu golpes de facão no muro da casa. O cunhado dele tentou conversar para pedir ao jovem que ele parasse com essa atitude. Neste momento, houve uma discussão. Em seguida, o adolescente forçou o portão para entrar no pátio da residência. Ele foi impedido pelo morador, que atingiu um soco no rosto do menor para se defender. Logo depois, o adolescente pegou uma pedra e acertou a testa do cunhado. Todos os envolvidos na ocorrência foram encaminhados para a Delegacia. Já uma pessoa foi levada para o hospital para receber atendimento médico.

Quer receber notícias locais?

Em Rio Azul, uma mulher disse que teve uma discussão com o marido. A ocorrência foi registrada na tarde de ontem, 16, na Vila Carneiro. A vítima disse que o homem agiu de forma agressiva e a estrangulou em alguns momentos. Com isso, ela ficou com algumas marcas superficiais. Após o incidente, o homem foi até a casa de sua mãe, que fica em frente à residência do casal. O morador afirmou aos policiais que teve apenas uma discussão com a esposa. O casal foi encaminhado para a Delegacia de Rebouças.

Já na rua Getúlio Vargas, uma mulher, de 49 anos, informou que há algum tempo está sendo vítima de ameaças do marido. Ela afirmou que sempre permaneceu calada. Porém, a vítima foi agredida com um tapa no rosto durante uma discussão na noite de ontem. Policiais foram até o local e constataram que a mulher não apresentava lesões aparentes. Ela disse que apenas pretendia registrar o Boletim de Ocorrência e decidiria posteriormente sobre a representação. A mulher ainda informou que ia passar a noite na casa de uma amiga. Em Fernandes Pinheiro, três adolescentes, sendo dois de 15 e um de 17 anos, foram vistos nadando em um dos lagos do Parque da Prainha na tarde de ontem, 16. O local é proibido para banho. Os jovens foram advertidos e orientados pela PM.