notícias

Vereadores aprovam projetos que concedem subvenção ao Provopar e parcelamento de débitos do CAPS Irati

Projetos serão discutidos novamente em sessão extraordinária na segunda-feira, 25/Lennon Diego Gauron, com informações da Assessoria da Câmara de Irati

Vereadores voltarão a se reunir em sessão extraordinária para votar os projetos em segunda votação na segunda-feira, 25. Foto: Assessoria da Câmara Municipal

A Câmara de Irati realizou na tarde de sexta-feira, 22, a terceira sessão extraordinária em 2021. As duas primeiras foram para autorizar a licença de 30 dias do prefeito Jorge Derbli, que teve coronavírus e está se recuperando da doença. Na reunião de ontem foi aprovado o projeto que concede subvenção social ao Provopar de Irati no valor de até R$ 220 mil. A finalidade é garantir o recurso necessário para realização das atividades da entidade, como cursos para a comunidade com ênfase em bairros onde há maior incidência de problemas sociais. 

O outro projeto aprovado em primeira discussão trata do parcelamento de débitos do município com o Regime Próprio de Previdência Social/CAPSIRATI. O pedido foi feito em virtude da crise enfrentada pelo País em função da pandemia da Covid-19, que afetou também a economia de Irati. Na justificativa do projeto apresentada pela prefeita em exercício, Ieda Regina Schimalesky Waydzik, o Executivo alega que a regularidade fiscal é um requisito obrigatório para que os municípios possam receber recursos financeiros dos governos estadual e federal para minimizar os impactos da queda de arrecadação.


Para que os projetos fossem apreciados, os vereadores tiveram que definir os integrantes da Comissão de Finanças, Tributos e Orçamento. Apenas uma chapa foi apresentada respeitando a proporcionalidade partidária tendo como presidente Nei Cabral (PV), relator José Ronaldo Ferreira (Ronaldão) (PSDB) e membro Nego Jacumasso (PSD). A chapa foi aprovada por unanimidade. A eleição e posse das outras Comissões Permanentes da Casa (Educação, Saúde, Assistência Social e Obras e Patrimônio e Serviços Públicos) ocorrerá na primeira sessão ordinária de 2021 no dia 2 de fevereiro.

Os projetos aprovados ontem, 22, serão apreciados em segunda votação em uma nova sessão extraordinária da Câmara marcada para segunda-feira, 25, às 15 h. A reunião poderá ser acompanhada ao vivo no site da Câmara no ícone sessão ao vivo.