notícias

Vacinas Oxford/AstraZeneca/Fiocruz chegam em Irati - Fotos

Lote de vacinas foi retirado com veículo da 4ª Regional de Saúde hoje (24) pela manhã, no CEMEPAR, em Curitiba. Jussara Harmuch (Veja fotos no final) 

O motorista da 4ª Regional, João Maria, recebeu do técnico do CEMEPAR a caixa com as doses em Curitiba.

O Paraná recebeu na noite de ontem (23) 86.500 doses da vacina AstraZeneca/Oxford/Fiocruz. A operação de desembarque foi feita às 23h25 no aeroporto Afonso Pena em voo comercial da Azul Linhas Aéreas. A remessa seguiu para o Centro de Medicamentos do Paraná (CEMEPAR) onde foi separada conforme a distribuição das regionais de Saúde. O volume da embalagem é menor, tanto de doses quanto de caixas, porque além do quantitativo total ser menor do que a remessa da Coronavac/Butantan, os frascos são multidose (10 doses). O quantitativo foi repassado pela diretora de Atenção e Vigilância em Saúde Maria Goretti.

Quer receber notícias locais?

O motorista da 4ª Regional de Saúde, João Maria, recebeu a caixa com as 920 doses da vacina às 7h15 de hoje, 24, e segue de carro para a sede, em Irati. As doses das regionais mais distantes, Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Cascavel, Cianorte, Campo Mourão, Paranavaí, Apucarana, Londrina e Toledo, serão retiradas nos aeroportos regionais. A meta do estado é entregar vacina para todos os 399 municípios ainda neste domingo.

Essas doses serão inteiramente aplicadas seguindo a sequência do grupo prioritário de trabalhadores em saúde. No entanto, a Secretaria de Estado da Saúde (SESA), informa que não será atingido o total desse grupo com essa remessa, pois a disponibilidade de vacinas é pequena. Em relação à segunda dose dessa remessa, só será aplicada com 12 semanas de intervalo (3 meses). O Ministério da Saúde optou pelo intervalo maior entre as doses e assim vacinar mais pessoas, enquanto providencia a aquisição de novas doses prontas da Índia ou as doses fabricadas pela Fiocruz, que aguarda a vinda do IFA - insumo farmacêutico ativo produzido na China, assim como o Butantan no caso da Coronavac, para iniciar a fabricação no Brasil. A segunda dose ficará para frente.

Hoje o País conta com 6 milhões de doses da Coronavac/Butantan vindas da China, já distribuídas (com reserva para a segunda dose em 3 semanas), as 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca/Fiocruz que chegaram sexta-feira (22) da Índia e mais 4,8 milhões de do segundo lote da Coronavac que foram aprovados em caráter emergencial pela Anvisa junto com a de Oxford, também na sexta, 22. A diferença deste segundo lote da Coronavac é que o envase e os processos de rotulagem e embalagem ocorrem no Instituto Butantan. 

As doses foram entregues para os secretários de saúde e representantes dos municípios da 4ª Regional de Saúde às 10h57 deste domingo, 24. A distribuição das doses da vacina da Oxford seguirá o planejamento delineado no fim de semana pela SESA. Confira a tabela de distribuição.

Rio Azul recebeu 70 doses da vacina contra Covid-19. Imagem mostra a secretária de Saúde, Cristiana Schuvaidak e outras funcionárias da pasta recebendo as vacinas. Foto: Divulgação


Secretária de Saúde de Inácio Martins, Sandra Daniel recebeu 60 doses. Foto: Divulgação

Município de Rebouças foi contemplado com 70 doses da vacina contra o coronavírus. Foto: Divulgação


Fernandes Pinheiro foi a cidade da 4ª Regional de Saúde que recebeu o menor número de doses. Secretária de Saúde, Emanuelle de Matos retirou 40 doses em Curitiba. Foto: Divulgação

390 doses foram entregues para Irati. Foto: Divulgação

Secretaria de Saúde de Teixeira Soares recebeu 50 doses da vacina contra o coronavírus. Foto: Divulgação