notícias

Jovem morre após carro partir ao meio em acidente na BR-277

Motorista de Gol foi ejetado após colisão entre carro e caminhão

Carro partiu ao meio após acidente na BR-277, em Guarapuava

Um veículo Gol partiu ao meio após colidir contra um caminhão Volvo FH 500 na BR-277, em Guarapuava, no início da noite de ontem, 29. O condutor do carro, Josias Araújo dos Santos, de 26 anos, foi ejetado e morreu no local do acidente. A batida ocorreu no quilômetro 361 + 800 metros da rodovia. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Josias seguia de Candói para Guarapuava, quando perdeu o controle da direção e colidiu com sua lateral direita frontalmente contra o caminhão, que estava na pista contrária sentido Guarapuava/Cascavel. Chovia no momento do acidente. Com a gravidade do impacto, o Gol partiu ao meio e o motorista foi ejetado. O carro foi recolhido ao pátio conveniado da PRF por ausência de responsável.

O condutor do caminhão teve lesões leves e recusou atendimento da equipe da concessionária que administra a rodovia. Ele realizou o teste do bafômetro com resultado negativo para ingestão de álcool. O corpo de Josias foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Guarapuava. Ele está sendo velado na Capela Mortuária de Foz do Jordão e será sepultado na tarde de hoje, 30, no Cemitério Municipal de Foz do Jordão. Além da PRF e do IML, equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Criminalística também prestaram atendimento no local do acidente.

Em Irati, policiais militares abordaram o condutor de uma moto que não tem habilitação. Ele conduzia uma moto sem placa no momento da abordagem. Ao avistar a presença da PM, o motociclista tentou fugir, mas foi interceptado. Os policiais constataram que o homem não tem CNH e a moto apresentava alterações em suas características. Por isso, a moto foi recolhida ao pátio da 8ª Cia. Ainda em Irati, a PM foi informada que um homem usando moletom cinza com capuz e boné estava andando de forma suspeita na Vila Verde. A equipe localizou um homem deitado em um matagal. Foi constatado que ele usa tornozeleira eletrônica. Porém, ele não tinha mandado de prisão em aberto.

Quer receber notícias locais? 

Em outra ocorrência na noite de quinta-feira, 28, policiais constataram a presença de aproximadamente 50 pessoas em um estabelecimento na Avenida Noé Rebesco. Conforme denúncias, clientes do estabelecimento estavam realizando manobras perigosas em ruas próximas. O proprietário e frequentadores do local foram orientados quanto à vigência dos decretos estadual e municipal em relação ao distanciamento social como medida de prevenção à Covid-19.  

Em Fernandes Pinheiro, a PM abordou o condutor de um veículo Logan que não tem CNH e estava com a suspensão do carro alterada na rua Remis João Loss. O veículo não tem débitos na documentação. Sendo assim, ele foi liberado para um condutor habilitado. Em Teixeira Soares, um homem descumpriu uma medida protetiva e foi até a casa da ex-mulher. A assistente social do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) encaminhou a mulher até o Destacamento da PM. Depois disso, os policiais foram até a residência da moradora na rua Joaquim Neves e constataram a presença do homem, que foi encaminhado para a Delegacia.

Já na localidade de Faxinal dos Francos, em Rebouças, uma mulher disse que um homem chegou em sua casa e forçou seu marido a ingerir bebida alcoólica. O homem estava embriagado e com um litro de pinga. O casal foi ameaçado de morte ao solicitar para que o homem deixasse o local. Ele saiu do local em um veículo Astra. Porém, deixou cair do seu bolso quatro cápsulas deflagradas de um revólver calibre 38. A PM foi acionada e apreendeu as cápsulas. Elas foram entregues na Delegacia de Rebouças. Já o homem não foi encontrado. Em Ipiranga, uma mulher foi agredida pelo marido na rua Alberto Blum. Policiais constataram lesões no corpo da vítima. O autor das agressões foi detido e conduzido para a 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa.

Confira mais fotos do acidente em Guarapuava

Foto: PRF/Divulgação

Foto: PRF/Divulgação

Foto: PRF/Divulgação

Foto: PRF/Divulgação