notícias

Começam avaliações para categorias de base do Iraty Sport Club

Seletivas serão realizadas na quarta, 27, quinta, 28, e sexta-feira, 29, para as categorias de base Sub-14/15, Sub-16/17 e Sub-18/19/Karin Franco, com reportagem de Paulo Sava e Rodrigo Zub

Foto: Divulgação

As seletivas para as categorias de base do Iraty Sport Club começam nesta quarta-feira (27), no Estádio Coronel Emílio Gomes, em Irati.  No primeiro dia, serão avaliados para a categoria Sub-14/15 garotos nascidos entre 2006 e 2007. Na quinta-feira (28), a avaliação será para o Sub-16/17, com garotos nascidos entre 2004 e 2005. Já na sexta-feira (29), a seleção será para o Sub-18/19, para garotos nascidos entre 2001 e 2003.

A apresentação será às 13h, com as avaliações iniciando às 13h30. A entrada será pelo portão de trás do estádio, localizado na rua Pacífico Borges. Os atletas devem vestir preferencialmente roupas pretas, levar a própria garrafa de água e utilizar máscara. Para participar da avaliação, os atletas deverão levar um quilo de alimento não-perecível. Os alimentos arrecadados serão doados para uma instituição.

As avaliações estão acontecendo após serem adiadas por causa do temporal ocorrido na última semana. O estádio do Iraty sofreu alguns danos no dia. “O estrago foi grande lá no clube. Nós estávamos na hora todos reunidos e ficamos até assustados porque faltou um degrau para as águas invadirem o vestiário. Mas agora já normalizou tudo, o campo já está tranquilo”, disse coordenador do Iraty, Sandro Cabral. 

Mesmo com a chuva, o gramado também já está sendo preparado para a avaliação. A Prefeitura de Irati também cedeu um trator para ajudar nos preparativos. “Hoje [26/01] à tarde já devemos estar cortando a grama, inclusive, porque com essa chuva, vocês percebem que a grama cresce demais. Nossa única preocupação era em relação ao gramado porque mesmo que chova um pouco, o estádio do Iraty, onde vai ser realizado a avaliação, eles mantem o padrão. Ele não empossa. Então, hoje nossa única preocupação era cortar a grama e deixar o gramado em perfeitas condições para os atletas”, conta. 

As avaliações devem acontecer mesmo com chuva. “Nós estamos acompanhando a meteorologia e acreditamos que não vai chover como choveu na semana passada. Aquela chuva que foi uma coisa fora da curva. Mas mesmo com chuva normal, as avaliações estão confirmadas”, explicou. 

Quer receber notícias locais?

Serão selecionados, no máximo, 30 atletas em cada categoria, conforme Sandro. “Nós vamos depender de quantos atletas vão participar do Sub-15, Sub-17 e Sub-19, porque a princípio esses atletas são de Irati e região. São atletas que não necessitam de alojamento no momento porque a nossa meta também é ter alojamento, trazer atletas de fora também”, contou. 

Os atletas selecionados terão que arcar com um custo para participar do projeto. De acordo com Sandro, esse pagamento não é garantia para participar do projeto e que para entrar, é preciso ter talento e técnica. “Um pai traz um menino para participar do nosso projeto. Mas não é porque ele vai pagar que ele vai participar, tem que ter condições de participar tecnicamente. Por isso que chama alto rendimento. Meninos que tenham um potencial para se tornar atleta”, explica. 

Como o objetivo é formar atletas de alta performance, há a possibilidade de um investidor arcar com as despesas do futuro atleta. Por isso, nessa seleção, garotos que não possuem condições financeiras podem participar das peneiras. “Nós já temos alguns nomes engatilhados que nos ofereceu, se por ventura, surgir um menino de qualidade, mas com condição financeira não tem como mantê-lo, esses nossos investidores estão aptos a bancar esses meninos”, disse o coordenador.

A seleção desta semana está sendo feita com garotos que morem em Irati ou região, ou seja, com garotos que não precisem de alojamento. A restrição ocorre porque o clube ainda não possui um local de alojamento. Um dos locais vistos foi a antiga Casa do Atleta, que é de propriedade do empresário Sergio Malucelli, que já foi gestor do Iraty e é ex-presidente do clube. Contudo, o imóvel já está alugado para funcionários que trabalham na realização da pavimentação da PR-364 que liga Irati a São Mateus do Sul. O clube agora procura por novos locais.

Enquanto isso, o projeto de encontrar garotos talentosos e transformá-los em atletas continua. Após as seletivas, os garotos iniciarão os trabalhos no dia 8 de fevereiro com treinamentos diários de alta performance. Os treinadores serão os ex-jogadores Marco Antonio e Leandro Carvalho (Polaco). “Esses atletas que nós aprovarmos nessas avaliações ficarão um tempo conosco e vamos ver nesse tempo de treinamentos, verificar a evolução de cada atleta, ver se deixamos em branco, sem perceber na avaliação, nós vamos sentir diariamente. Serão treinos diários”, afirma Sandro. 

Nos treinamentos os atletas já estarão sendo preparados para disputar o campeonato estadual. “O nosso objetivo nesse ano já é disputar o Campeonato Paranaense, mas nós dependemos de uma pendência do Iraty com a Federação que o nosso presidente Odair [Marochi] está negociando com a Federação, essa semana já tivemos boas notícias em relação a isso”, conta. 

Segundo o coordenador, o problema que impede de participar no momento é financeiro. “Pelo que o presidente nos passou, são questões financeiras de duas pessoas que pegaram antes a gestão do Iraty. Não conheço essas duas pessoas, eu não sei quem são, só de nome, e diz que ficou coisas bem fora do normal. Questões financeiras de W.O., multa, enfim, coisas que poderiam ser evitadas. E dentro dessas dívidas já foram negociadas dívidas para eles disputar o Paranaense. Só que se fez o REFIS, mas não pagaram. Isso piorou a situação do Iraty frente à Federação”, explicou.

Não há um prazo para resolver as pendências, mas o coordenador disse que há a expectativa de resolver até maio, para poder participar do Campeonato Paranaense. “Para a gente disputar o Paranaense, nós temos que ter antes de maio essa questão já definida. Porque se nós disputarmos o Paranaense agora no Sub-19, consequentemente o Sub-15 e o Sub-17, no segundo semestre, nós teríamos o profissional aqui em Irati também”, revela. 

Contudo, o coordenador disse que há planos caso não se consiga resolver no prazo correto. “Caso o presidente não consiga resolver, não dê para nós disputarmos o Paranaense esse ano, o projeto continua a mesma coisa, só que vamos tomar outro norte. Ou seja, temos o objetivo de fazer ao menos uma vez por semana, um amistoso com uma equipe de elite e participar dos campeonatos regionais aqui do Sul e Sudeste para nós apresentarmos os nossos atletas”, disse. 

Trazer a visibilidade para os atletas é um dos objetivos para concretizar o projeto. “O nosso objetivo não é manter o atleta em Irati. Nosso objetivo é pegar, levar, apresentar aos clubes, e de repente, de lá, seguir a sua carreira. E o Iraty, em contrapartida, vai se tornar um parceiro dessa equipe, aonde futuramente se esse atleta vingar, vai entrar essa questão financeira para o clube que vai ajudar”, conta. 

O projeto acontece após o Iraty Sport Club firmar a parceria com a empresa Academia de Futebol G4, formada por quatro ex-jogadores do Azulão: Marco Antonio, Leandro Carvalho (Polaco), Sandro Cabral e Augusto Leonel (Nelinho). Sandro explica que o projeto tem sido realizado com transparência. “Nós temos aqui uma raiz, então é a nossa obrigação de se fazer um bom trabalho e fazer um trabalho sério”, relata.