Publicidade Topo

notícias

Prefeitura de Irati não terá expediente no fim de ano

Ponto facultativo inicia no dia 21 de dezembro; Atividades serão retomadas no dia 4 de janeiro. Neste período, somente serviços considerados essenciais e casos urgentes, novos ou em curso serão prestados 

Prefeitura de Irati decretou ponto facultativo entre 21 de dezembro e 4 de janeiro. Foto: Divulgação

O prefeito de Irati, Jorge Derbli, decretou ponto facultativo entre 21 de dezembro e 4 de janeiro para comemoração das festas de final de ano. Com isso, apenas serviços considerados essenciais, como saúde e coleta de lixo, não serão interrompidos neste período. 

“Este decreto não atingirá serviços, que, por sua natureza, não admitem paralisação, por serem considerados essenciais, e atendimento a casos urgentes, novos ou em curso”, diz o parágrafo único do decreto 319/2020 assinado no dia 1º de dezembro por Derbli e publicado no Diário Oficial do município.

Logo após ser reeleito para comandar o município nos próximos quatro anos, o prefeito garantiu que as atividades e as obras iniciadas não seriam paralisadas. “Os serviços não podemos paralisar, independentemente da pandemia. A população espera e conta com eles, principalmente com os essenciais, e eles vão continuar. O número de obras que estamos fazendo, que muita gente questionou porque estávamos fazendo asfalto em época de eleição, ocorreu porque estávamos aguardando para que acontecesse este empréstimo, e o cronograma de obras coincidiu com o período eleitoral. Vamos continuar porque os recursos que temos para a continuidade já estão no caixa da prefeitura”, disse Derbli durante entrevista à Najuá, no dia 15 de novembro.

Na oportunidade, o prefeito também ressaltou que pretendia dar prioridade para os pagamentos de salários do funcionalismo e atendimentos na área de saúde. “A prefeitura não vai parar porque nossa situação hoje é equilibrada financeiramente, embora na eleição muitas pessoas tentassem distorcer esta situação, mas ela está equilibrada e vamos continuar, não vamos parar os serviços. Talvez em dezembro, como é de praxe, daremos uma paralisada para as festas de fim de ano, mas até lá vamos continuar com todos os serviços”, afirmou Derbli. 

Quer receber notícias locais?