notícias

Moradora de Imbituva ateia fogo na própria casa

Filho da moradora relatou que ela tem problemas psiquiátricos. Mulher será encaminhada para uma clínica de repouso

Foto: WhatsApp/Divulgação

Uma moradora de Imbituva ateou fogo na própria casa na terça-feira, 8. A ocorrência foi registrada na rua Francisco Valdomiro Stadler. 

A Defesa Civil de Imbituva foi acionada para controlar o fogo. A Polícia Militar conversou com o filho da moradora. Ele relatou que foi sua própria mãe que colocou fogo na residência. Não haviam pessoas no local no momento do incêndio. O homem ainda disse que a mãe tem problemas psiquiátricos e que esta foi a terceira vez que ela incendeia a própria casa. A mulher foi encaminhada até a sede do 3º Pelotão da PM de Imbituva. Funcionários do hospital de Imbituva orientaram os policiais a levá-la até a unidade para que ela fosse medicada e posteriormente encaminhada para uma clínica de repouso. Em função da mulher ser portadora de transtorno psiquiátrico e do hospital aceitar interná-la, a PM dispensou a apresentação da autora do incêndio na Delegacia de Irati.

Em outra ocorrência em Imbituva, um adolescente foi apreendido após furtar um tapete de uma residência na rua Alcindo Galvão da Silva. A responsável pelo imóvel disse que permaneceu ausente por apenas 30 minutos entre às 10 e 10h30 de terça-feira, 8. Ao retornar para a casa, ela constatou uma movimentação de pessoas nas proximidades. Moradores avistaram um rapaz pulando o muro da residência com uma sacola. A mulher constatou que um tapete foi furtado de sua casa. Policiais realizaram patrulhamento no bairro e localizaram o autor do furto saindo de um carreiro nas proximidades de sua residência. O adolescente estava com o tapete furtado. Ele foi apreendido e conduzido para a Delegacia de Imbituva. A dona da casa onde ocorreu o furto e a mãe do menor também acompanharam os procedimentos. 

Quer receber notícias locais?

Em Ivaí, a PM prendeu um homem com mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo (artigo 157 do Código Penal). Ele foi localizado trabalhando em uma plantação de pepino na localidade de Bom Jardim do Sul. O homem detido foi conduzido para a Delegacia de Imbituva.

Em Guamiranga, uma mulher, de 61 anos, foi agredida por sua nora com tapas e chutes. A vítima ficou ferida e recebeu atendimento médico no hospital Municipal. A mulher disse que reside no local com a nora e o filho, que ajudou a conter a agressora. A agressão ocorreu logo após a vítima retornar da cidade de Irati. Policiais foram até a residência da família, mas a mulher que cometeu a agressão deixou o local com o esposo e não foi encontrada.

Já em Fernandes Pinheiro, uma mulher relatou que está sendo ameaçada de morte pelo ex-marido, que não aceita o fim do relacionamento. A moradora disse que seu relacionamento durou aproximadamente dois anos e meio. Porém, ela está tentando se separar há pelo menos uma semana. Ontem, 8, a mulher saiu do local e foi para a casa de uma amiga. A vítima disse que o ex-companheiro comprou uma pistola e que foi até a residência de sua amiga com a arma. O homem teria gritado para que a porta fosse aberta e ainda ameaçou os moradores. Policiais realizaram buscas, mas não encontraram o autor das ameaças. A vítima foi orientada para procurar a Delegacia de Teixeira Soares, que responde pelo município de Fernandes Pinheiro, para dar continuidade ao Boletim de Ocorrência.

Foto: WhatsApp/Divulgação