Publicidade Topo

notícias

Homem é ameaçado de morte após desentendimento em grupo de WhatsApp

Vítima disse que autor da ameaça arrebentou a porta de sua casa e ameaçou matá-lo

Foto: Divulgação

Um homem disse que foi ameaçado de morte após um desentendimento em um grupo de WhatsApp. A ocorrência foi registrada na quinta-feira, 10, na rua Coronel Saboia, em Irati. 

Depois da discussão no aplicativo de mensagens, um dos envolvidos foi até a residência do desafeto. Conforme o morador, o homem arrebentou a porta de sua casa e ameaçou matá-lo. Depois disso, ele deixou o local e não foi encontrado. O morador foi orientado a procurar a Delegacia de Polícia Civil caso tenha interesse de dar prosseguimento à ocorrência. 

Ainda em Irati, a PM prestou apoio ao Corpo de Bombeiros durante uma manifestação realizada na rua João Filipaki, no bairro Tucholka. Os moradores protestaram contra o estado de conservação da via que dá acesso ao bairro Fragatas. Alguns pneus foram colocados na rua e queimados. Os bombeiros apagaram o fogo. Em seguida, a via foi liberada e a manifestação finalizada.

Já no início da madrugada de hoje, 11, uma equipe da Rotam abordou um homem que não tem habilitação, mas estava conduzindo uma motocicleta Honda CG 150. A abordagem ocorreu na rua Augusto Anciutti Sobrinho, na Vila Matilde. Dois homens ocupavam a moto. Nenhum deles portava objetos ilícitos. Em consulta ao sistema foi constatado que o condutor não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Já em vistoria na motocicleta foram constatadas irregularidades. Por isso, a moto foi recolhida ao pátio da 8ª Cia. Já os dois homens foram liberados.

Quer receber notícias locais?

Dois furtos foram registrados em Imbituva. Na primeira situação, um homem disse que estava na rodoviária da cidade quando teve o celular furtado. O dono do aparelho afirmou que um homem aproveitou um momento de distração para tomar o celular de sua mão. O autor do furto saiu correndo em direção ao bairro Miraluz. A Polícia Militar foi acionada e realizou buscas para tentar localizá-lo. Porém, o homem não foi encontrado. Outro furto ocorreu em uma residência na localidade de Barrocas. Uma bicicleta, um chuveiro, um botijão de gás com carga e um par de botinas foram furtados da casa. Um morador da comunidade relatou que viu um veículo Fiat Palio deixando o local por volta das 16 h de quinta-feira, 10.

Outro furto foi registrado em Irati na madrugada de hoje, 11. Uma mulher informou a PM que a fechadura da porta de sua loja foi arrombada. Um notebook, um celular, uma quantia em dinheiro em notas trocadas, aproximadamente oito calças jeans femininas e seis kits contendo três brincos cada foram furtados do estabelecimento. A responsável pela loja disse que não havia câmeras de segurança no local. A mulher foi orientada a procurar a Delegacia se conseguir filmagens do furto ou outras informações sobre o autor do delito.

Em Rio Azul, a PM também apreendeu uma motocicleta. Policiais realizavam patrulhamento na rua Paulo Burko, na Vila Cristo Rei, quando visualizaram a moto que transitava sem parte do escapamento. O condutor foi abordado na estrada rural da Palmeirinha. Foi constatado que ele não tem CNH. Na ocasião, foi verificado que a moto está em péssimo estado de conservação e não tem condições de transitar em vias públicas. A moto foi recolhida ao Destacamento da PM.

Já em Teixeira Soares, um furto foi registrado no bairro Cohapar. O morador da rua Emídio Costa Sobrinho disse que uma pessoa chegou em sua casa pedindo para usar o banheiro. O suspeito estava em um carro. Segundo a vítima, o homem entrou em seu quarto e pegou uma quantia em dinheiro, que estava guardada em um pacote plástico. Após o fato, o autor do furto entrou em seu veículo e deixou o local. Vizinhos disseram que o carro seria um Fiat Punto ou Fiat Argo, na cor vermelha. A vítima afirmou que não conhece o homem que esteve em sua casa. Policiais realizaram patrulhamento, mas não conseguiram encontrá-lo.

Na localidade de Faxinal dos Mineiros de Cima, em Teixeira Soares, foi registrada uma ocorrência de perturbação de sossego. Duas pessoas estavam atrapalhando o trabalho dos funcionários de uma propriedade. Os causadores da perturbação chegaram ao local em um veículo Fiat Strada e ainda derrubaram uma máquina de betoneira, que ficou danificada. Uma mulher chegou a pegar um garfo de manusear feno para ameaçar uma pessoa que estava na propriedade. Conforme relato da vítima, três sacos de sementes de soja foram furtados do local. Os suspeitos colocaram os produtos na caçamba da caminhonete e deixaram a propriedade. Policiais realizaram buscas, mas não encontraram os ocupantes do carro.