Publicidade Topo

notícias

Estudante iratiense conquista medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia

Lucca Miguel Duda Tavares, de 17 anos, também foi selecionado para participar de uma seletiva para a Olimpíada Internacional de Astronomia em 2021

Lucca Miguel Duda Tavares, de 17 anos, conquistou uma medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia 2020. Foto Arquivo pessoal

O estudante iratiense Lucca Miguel Duda Tavares, de 17 anos, conquistou uma medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia 2020. Ele também foi um dos selecionados para participar de uma seletiva que levará jovens brasileiros para a Olimpíada Internacional de Astronomia em 2021. O evento foi realizado de forma virtual nos dias 12 e 13 de novembro e contou com a participação de alunos de escolas públicas e privadas de Ensino Médio de todo o Brasil. Os participantes deveriam responder 10 questões, sendo 7 relativas à astronomia e 3 à astronáutica, em fase única.

Residindo atualmente em Curitiba, Lucca representou o Colégio Positivo na competição e conseguiu acertar 9 questões. Ele, que participou pela 3ª vez do evento, relata que o mais importante é a experiência que vem adquirindo a cada ano.

Como eu já tinha feito outras provas e simulados da própria olimpíada, acho que valeu mais a experiência.

Lucca afirma que não esperava que seu resultado na prova fosse tão positivo. "Foi tudo excelente, eu não imaginava que iria tão bem, porque, como eu disse, foram vários anos fazendo. Eu sabia que iria conseguir, mas não imaginava que iria tão bem".

Quer receber notícias locais?  

O estudante também ganhou uma bolsa de estudos na Universidade Minerva, em San Francisco, nos Estados Unidos, que tem parceria com a Olimpíada Brasileira de Astronomia. Entretanto, como não se trata de uma bolsa integral, Lucca ainda não sabe se vai estudar no exterior. "Mesmo que eu passe na prova, não sei se pretendo ir, pois não é uma bolsa integral e é um valor bem caro, desproporcional por ser em dólar, então o dinheiro é uma complicação". 

Sobre a convocação para a Olimpíada Internacional, Lucca diz que ainda precisa fazer algumas provas para saber se será selecionado para a competição. As datas ainda não foram marcadas. O jovem diz que sua família ficou muito feliz com o resultado obtido. "Todo mundo ficou bem feliz e bem animado com o resultado".

Lucca agradeceu aos profissionais dos colégios Lobo e São Pedro Canísio, onde estudou enquanto morava em Irati. "Quero agradecer, por mais que eu não faça mais parte nem do São Pedro nem do Colégio, quero agradecer as duas equipes porque eu passei praticamente meu Ensino Médio inteiro nos dois, e sem eles eu não teria conseguido a minha medalha de ouro".