notícias

Rodrigo Kowaski pretende investir na construção de parque industrial

Em entrevista à Najuá, candidato à prefeitura de Prudentópolis comentou propostas para os setores de agricultura, geração de empregos, turismo, educação, entre outros assuntos

Jornalista Rodrigo Fernando Kowaski concorre à Prefeitura de Prudentópolis pelo PRTB. Foto: Facebook/Reprodução

O jornalista Rodrigo Fernando Kowaski disputará a Prefeitura de Prudentópolis no próximo domingo, 15. Ele concorrerá em chapa pura pelo partido PRTB ao lado da agricultora Lucimara Rocha Chomen.  Em entrevista à Najuá, o candidato diz que, nos últimos 12 anos, o município deixou de investir na geração de novos empregos. Por este motivo, uma de suas metas será a construção de um parque industrial no município.

Vamos comprar de 3 a 4 alqueires de terra nas margens de uma das nossas rodovias, que pode ser a BR 373 ou a BR 277. Vamos iniciar a construção dos barracões. Para isto, contamos com recursos do Governo Federal, do nosso partido, o PRTB, do vice-presidente Hamilton Mourão, que vai nos auxiliar. Vamos reduzir os impostos, a exemplo do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) e do IPTU para as edificações voltadas à indústria e ao comércio, e auxiliar os nossos empresários oferecendo cursos profissionalizantes para os seus funcionários. 

Em relação à educação, um dos setores que mais sofreu com a pandemia da Covid-19, Rodrigo diz que será feito todo o possível para proteger crianças, professores e funcionários das escolas contra o coronavírus e de outras doenças.

Vamos decidir isto juntos, questões de protocolos sanitários junto à Vigilância Sanitária e à Secretaria de Educação, reuniões com os professores e pais e vamos decidir juntos a questão de redução de turmas ou rodízios, o que for mais adequado e consenso entre todos. Eu não serei um prefeito de impor, mas sim de compor, que vai decidir junto.

O candidato garantiu que, se for escolhido para assumir a prefeitura, a educação será uma de suas prioridades com diversos programas.

Os professores terão a garantia da hora-atividade, vamos colocar um professor para fazer rodízio, quando um deles tiver que se ausentar por algum motivo, ele cobrirá sua falta para que não haja desconto nos salários. Vamos ampliar e melhorar as condições dos profissionais, reajustar e equiparar os salários, a exemplo dos salários dos professores estaduais, e vamos decidir juntos. A Secretaria de Educação será uma nova Secretaria, com pessoas técnicas indicadas pelos professores e profissionais da educação. 

A agricultura é um dos pilares da economia do município. Sobre este assunto, o candidato afirmou que seu plano de governo contempla diversas ações que poderão ser implementadas já a partir de janeiro. Um exemplo é a Fábrica do Produtor, que vem sendo utilizada por municípios como Marechal Taumaturgo, no Acre, onde a prefeitura local, com apoio do governo do estado, instalou um barracão com todos os equipamentos necessários para instalação de pequenas indústrias familiares.

Faremos isto pelo município, o barracão, os equipamentos para secagem, a seleção e o empacotamento do feijão e de outros cereais. O pequeno produtor terá um lucro de duas a três vezes mais vendendo os produtos já industrializados, beneficiados e empacotados direto aos grandes centros, como Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba. Vamos fazer também uma unidade de beneficiamento do leite, empacotamento e produção de queijos e incentivar a produção de iogurtes e doces. Faremos com que estes produtos sejam encaixados nos programas sociais, a exemplo do leite, que vamos colocar no programa Leite das Crianças municipal. Compraremos parte desta produção e iremos destinar às pessoas carentes.

O candidato afirmou também que a Secretaria de Agricultura passará a oferecer serviços de médicos veterinários e técnicos agrícolas. Rodrigo garantiu que serão distribuídos calcário e sementes para os pequenos produtores. 

Vamos fazer desta Secretaria uma das melhores do nosso governo. Vamos criar uma central de abastecimento e produtos agrícolas, além de outras ações que pretendemos fazer, trazendo cursos, fazendo convênios com a UEM (Universidade Estadual de Maringá), com várias outras universidades, cursos, programas e projetos que já deram certo em outros municípios. 

Quer receber notícias locais? 

Outro setor bastante afetado pela pandemia foi o turismo, uma vez que o município tem um grande potencial nas áreas gastronômica, cultural, religiosa e de aventura, com várias cachoeiras que podem ser exploradas. Kowaski garante que o setor terá uma atenção especial em sua administração, pois representa uma grande fonte de renda para a população prudentopolitana. Dentro desta área, uma das metas será a preservação das cachoeiras.

Nós precisamos, de imediato, preservar as nossas cachoeiras. Está sendo construída uma usina, que segundo o Ministério Público, vai colocar em risco uma das belezas naturais, um dos saltos aqui de Prudentópolis, e nós vamos tomar medidas para preservar, medidas administrativas e judiciais para paralisar esta obra até que tenhamos uma solução. 

O incentivo ao turismo religioso e ecológico também está entre os objetivos da campanha de Rodrigo. A divulgação os pontos turísticos e a criação da Linha do Turismo estão incluídos no plano de governo do candidato, juntamente com as festas e as igrejas das comunidades do interior.

O nosso município tem bonitas igrejas, que foram construídas há muitos anos e que são pontos turísticos com certeza. Além disso, vamos incentivar as festas, divulgando para os turistas virem para o interior, nas festas das igrejas e comunidades. 

Na gastronomia, o candidato ressaltou que dará incentivo para a criação de restaurantes com comidas típicas e pessoas uniformizadas, relembrando toda a cultura ucraniana e polonesa, muito presente na região. 

O turista vai chegar aqui e será bem recebido, terá hotéis de primeira, atendimento de primeira nos restaurantes, nós daremos cursos, treinamentos e todo o incentivo para fomentar ainda mais o turismo de Prudentópolis. 

Na visão de Rodrigo, além da geração de emprego e renda e do apoio ao turismo e aos pequenos produtores rurais, o município precisa melhorar a qualidade do serviço de saúde pública, com a construção de um novo hospital municipal.

O Hospital contará com pronto atendimento infantil, clínica especializada para a 3ª idade e farmácia 24 horas.

Na área da Assistência Social, o candidato citou a implantação de programas de troca do lixo reciclável por alimentos e o mercadão popular, vendendo produtos quase a preço de custo para famílias com renda de 3,5 salários mínimos. 

Vamos desenvolver Prudentópolis em todos os setores e segmentos, com incentivo à cultura, ao turismo, vamos implementar um frigorífico abatedouro, pois não temos nem matadouro municipal. Hoje, o pequeno produtor precisa vender o seu gado para outras cidades, pois se os açougueiros daqui comprarem, têm que mandar abater em Ivaí, a 70 km de distância, então vamos reativar o matadouro. Incentivo aos produtores, o pessoal do interior vai ter a conservação das estradas regularmente, faremos reuniões nas comunidades, nos bairros e decidir juntos. Toda a infraestrutura da Prefeitura estará ouvindo vocês.