notícias

Park Dance retomará atividades a partir deste sábado

Danceteria voltará a atender aos clientes em mesas no evento denominado "Boteco do Park Dance". Pista de dança continuará fechada

Park Dance retomará atividades no próximo dia 7. Foto: André Pablo Vicente/ Divulgação

O Park Dance retomará as suas atividades de forma gradual com o evento "Boteco do Park Dance" a partir deste sábado (7) atendendo aos clientes nas mesas. A pista de dança continuará fechada. Quem comparecer ao local deverá usar máscara e álcool em gel enquanto estiver circulando pelo ambiente. 

Em entrevista à Rádio Najuá, o sócio proprietário do Park Dance, André Pablo Vicente, falou sobre as medidas que deverão ser cumpridas pelos frequentadores da danceteria e também a respeito dos desafios que a empresa está enfrentando desde o início da pandemia de coronavírus, que obrigou diversos estabelecimentos a fecharem as portas temporariamente. “Antes de dar essa sequência, essa retomada, nós fomos conversar com o Agostinho [Basso- Coordenador do Centro de Operações Especiais e de Fiscalização] e com as outras pessoas que cuidam dessa parte da saúde e da epidemiologia e tivemos a autorização para retomar de forma gradual, com espaço limitado, somente com mesas e sem a pista de dança. Quando as pessoas saírem de suas mesas, será obrigatório colocar a máscara”, afirma.

De acordo com André, o evento de retomada das atividades servirá como teste de aceitação do público para o novo formato. “Nós anunciamos o evento como ‘Boteco do Park Dance’ para gente voltar ‘engatinhando’, para sabermos como será a aceitação do público e o que vamos precisar melhorar. Eu mais ou menos sei o caminho que tem que ser seguido, mas é preciso também entender o povo”, explica.

Quer receber notícias locais?

O empresário lembra que devido à pandemia, setores que trabalham com festas e eventos foram um dos que mais sentiram a necessidade do isolamento social. “As nossas atividades estavam 100% paradas, porque o nosso ramo é a aglomeração de público, é o contato, é as pessoas dançando, bebendo, e isso vai totalmente contra tudo aquilo que é recomendado e orientado pela Organização Mundial da Saúde e das autoridades da vigilância, então nós fomos obrigados a parar", relata.

Segundo André, os funcionários que trabalham no Park Dance por dia, como forma de ganhar uma renda extra, além de taxistas e vendedores de lanches que trabalham no lado de fora da danceteria, foram os mais afetados pelo fechamento temporário do local. "Nós fizemos um levantamento no Park Dance e, são diretamente 40 a 45 empregos diretos, além de uma média de 30 a 40 empregos indiretos. Nós temos um quadro de funcionários que são registrados e trabalham conosco diariamente, e tem uma média de 25 a 30 funcionários que trabalham como freelancer aos finais de semana. Esses funcionários estão parados. Eles têm outros empregos, mas esse extra aos finais de semana, todos relataram para nós que faz muita falta”, destaca o empresário. 

O Park Dance reabrirá neste sábado, 7, a partir das 16h, seguindo as recomendações contra o contágio do coronavírus, como o distanciamento social entre as mesas, além do uso obrigatório de máscaras e álcool em gel para clientes e funcionários. Para este fim de semana, os ingressos para o “Boteco do Park Dance” já estão esgotados. Interessados em reservar entradas para os próximos eventos podem entrar em contato através do WhatsApp 9-9847-8000. 

Texto: Lenon Diego Gauron, com supervisão de Rodrigo Zub