notícias

Máquina de solda atinge colchão e causa incêndio na Delegacia de Irati

Incidente ocorreu no momento que estava sendo realizada manutenção em cela que necessitava de reparos

Equipes do Corpo de Bombeiros controlaram o fogo na Delegacia de Irati. Outras equipes de segurança do município prestaram atendimento no local. Foto: Amilton Ferreira

Um incêndio foi registrado na Delegacia de Irati no início da tarde de segunda-feira, 16. O fogo teve início depois que uma máquina de solda acabou respingando em um dos colchões. Neste momento estava sendo realizada uma manutenção em uma das celas. Agentes do Departamento Penitenciário (Depen) constataram que havia necessidade de realizar alguns reparos após uma operação bate grade. 

A fumaça chamou atenção de pessoas que moram ao redor da Delegacia e que passavam pelo local, que tiraram fotos e registraram vídeos da situação. Equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Guarda Municipal, Seção de Operações Especiais do Depen (SOE), Depen, Polícia Civil e secretaria Municipal de Saúde prestaram atendimento no local. Dois detentos necessitaram de atendimento médico após inalarem fumaça. 

Quer receber notícias locais? 

Segundo o Corpo de Bombeiros, foi constatado que havia muita fumaça no interior da Delegacia, principalmente onde ficam as celas. Nove bombeiros participaram do trabalho de combate às chamas. 

"Parte dos colchões foram queimados e o fogo acabou se alastrando. Com relação a feridos, não foi constatado nenhum ferido, o preso que estava trabalhando com a solda teve um abalo psicológico pela situação, mas não há nenhum risco de saúde", disse o Delegado Paulo César Eugênio Ribeiro durante entrevista ao jornal Folha de Irati. Durante à tarde, familiares de presos se concentraram em frente à Delegacia para saber o estado de saúde dos detentos. "Nenhum detento ficou ferido, ninguém sofre risco de vida. Eles estavam no solário no momento do incêndio. Os próximos passos agora é ver os danos causados na estrutura, para tomar as providências no sentido de reformar", afirmou o Delegado. 

Durante a operação bate grade, o Depen apreendeu celulares, porções de drogas e outros objetos. Após o incêndio, 33 detentos da carceragem foram transferidos para a Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG). No início de novembro, o governo estadual determinou que a gestão das carceragens de 41 Delegacias no Paraná, entre elas de Irati, seja repassada para o Depen. Segundo o governo, a medida foi tomada para esvaziar as carceragens da Polícia Civil, melhorar o tratamento aos presos e adequar as atividades dos policiais.

Moradores que residem ao lado da Delegacia registraram fotos e vídeos do incêndio. Foto: WhatsApp/Divulgação