notícias

Colisões frontais causam morte de duas pessoas em rodovias da região

Primeiro acidente ocorreu na PR-438, em Fernandes Pinheiro. Já a outra colisão foi registrada na BR-277, em Palmeira

Motorista de Cobalt morreu em acidente na PR-438, em Fernandes Pinheiro. Foto: WhatsApp/Divulgação

Duas pessoas morreram em acidentes nas rodovias da região de Irati na manhã de hoje, 16. A primeira colisão frontal envolveu um veículo Chevrolet Cobalt LTZ e um caminhão Mercedes Benz Atron 2324, no quilômetro 5 + 780 metros da PR-438, em Fernandes Pinheiro, por volta das 8h. 

Equipes da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e do Corpo de Bombeiros de Irati prestaram atendimento no local do acidente. Os bombeiros haviam sido acionados para atender um incêndio em uma residência na Vila Nova, em Teixeira Soares. Durante o deslocamento, eles presenciaram o acidente e solicitaram apoio da ambulância da corporação. A equipe constatou o óbito do condutor do carro, João Bosa da Luz, de 61 anos, que ficou preso nas ferragens e não resistiu aos ferimentos. Ele era ex-ferroviário e morava na rua Ernesto Nunes, em Fernandes Pinheiro. Natural da cidade de Araruna/PR, João foi sepultado na manhã desta terça-feira, 17, em Rebouças. Segundo informações do Serviço Funerário de Ponta Grossa, ele deixou cinco filhos. O corpo de João foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa antes de ser liberado aos familiares. 

Com a chegada da guarnição de apoio, os bombeiros continuaram o deslocamento até Teixeira Soares para atender o incêndio na edificação. A colisão obstruiu a passagem pela PR-438. Com isso, os bombeiros utilizaram um caminho alternativo para prosseguirem sentido Teixeira Soares. 

O outro acidente ocorreu na BR-277, em Palmeira, por volta das 10 h. Um veículo Renault Clio, com placas de Curitiba, que seguia sentido Capital, atingiu frontalmente um caminhão Iveco Stralis, de São Miguel do Iguaçu, que estava na pista contrária. A batida foi registrada no quilômetro 184. Os dois ocupantes do caminhão, sendo um homem e uma mulher, que são casados, não se feriram. Ana Júlia Zakuluchen Compagnon, de 20 anos, que conduzia o carro morreu no local. Segundo informações da Rádio Copas Verdes, a jovem estava retornando para Curitiba, onde residia, após visitar seus pais que moram e trabalham em Prudentópolis. Ana era estudante e natural de Curitiba. O corpo dela foi encaminhado ao IML de Ponta Grossa e será sepultado na tarde desta terça-feira, 17, em Prudentópolis. 

Quer receber notícias locais? 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) relatou que o acidente ocorreu em um trecho de pista simples sinalizada com proibição de ultrapassagem. O motorista do caminhão realizou o teste do bafômetro com resultado negativo para ingestão de álcool. A Polícia Civil de Palmeira vai investigar as causas do acidente. O Instituto de Criminalística realizou a perícia no local. 

Em virtude da colisão, o trânsito foi interditado na BR-277, em Palmeira, por aproximadamente duas horas e meia entre 10 e 12h30. Depois disso, a pista foi liberada no sistema pare e siga das 12h30 até 14h30, quando ocorreu a liberação total da via. De acordo com a PRF, houve filas de aproximadamente dois quilômetros em cada uma das pistas. 

Outra colisão frontal com morte foi registrada na BR-277, em Palmeira. Foto: PRF/Divulgação

Foto: PRE/Divulgação

Foto: PRE/Divulgação

Foto: PRE/Divulgação