notícias

APP-Sindicato pede que retorno às aulas presenciais aconteça após anúncio de vacinação e testagem em massa contra a Covid-19

Em carta pública, entidade alega que escolas não teriam tempo hábil para se prepararem estrutural e pedagogicamente para receber os alunos ainda neste ano

APP-Sindicato solicitou que retorno às aulas presenciais aconteça somente após o anúncio da vacinação e testagem em massa contra a Covid-19. Foto: AEN

Em carta publicada na última semana, a APP-Sindicato solicitou que a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEED) adie o retorno às aulas presenciais na rede pública estadual para somente quando forem anunciadas vacinação e testagem em massa contra o coronavírus. No documento, a entidade alega que as escolas não teriam tempo hábil para se prepararem estrutural e pedagogicamente para receber os alunos com todas as medidas necessárias de prevenção e combate à Covid-19. Por este motivo, a APP-Sindicato pede a suspensão da retomada das aulas presenciais em 2020 e que a SEED repense o encerramento deste ano letivo e a transição para 2021.

Segundo o presidente da APP de Irati, Marco Aurélio Gaspar, a entidade vê com preocupação o fato de o governo ter sinalizado para um possível retorno por diversas vezes.

Entendemos que não é o momento, considerando que os casos de contaminação por Covid-19 vêm voltando a subir, isto não somente no Paraná, mas no mundo todo. Por isto, defendemos a volta às aulas presenciais somente com testagem em massa, bem como com a imunização de todos e todas pela vacina. Sem ela, em defesa da vida, não vemos condições de volta às aulas presenciais.

Quer receber notícias locais? 

Procurado por nossa reportagem, o chefe do Núcleo Regional de Educação de Irati, Marcelo Chociai Komar, afirmou que as escolas já estão se preparando para uma possível retomada. No entanto, ele disse que ainda não há uma sinalização de quando isto irá ocorrer, e que, até o momento, a SEED autorizou apenas a volta das atividades extracurriculares. “Aguardamos a situação da pandemia”, afirmou.

A APP-Sindicato também solicita que o governador Carlos Massa Ratinho Júnior cumpra alguns compromissos públicos assumidos por ele junto aos professores, como a realização de um concurso público, implementação de novas turmas de PDE para o avanço na carreira, pagamento do Piso Regional aos funcionários das escolas, implementação de promoções e progressões e o reajuste da defasagem salarial para toda a categoria. 

Reiteramos a necessidade de uma mesa de diálogo com o Governador Ratinho Jr., que nestes dois anos de mandato não dialogou com os servidores do Paraná, diz a nota da entidade.